Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

protesto

Manifestantes bloqueiam os dois sentidos da Av. das Torres e lentidão chega ao Viaduto Colorado

Congestionamento chegou a 1,5 km

  • Gazeta do Povo e Tribuna do Paraná
  • Atualizado em às
 | Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Átila Alberti/Tribuna do Paraná
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um protesto de moradores da Vila Torres fechou os dois sentidos da Avenida Comendador Franco (Av. das Torres) no cruzamento com a Rua Guabirotuba, no bairro Jardim Botânico, na noite desta segunda-feira (16). O congestionamento chegava a 1,5 km de fila em cada sentido. O trânsito ficou prejudicado até a altura do Viaduto Colorado, no bairro Rebouças. Por volta das 20h15, o fluxo já estava normalizado no sentido Curitiba e no sentido São José dos Pinhais.

A manifestação acabou quando um esquadrão da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) entrou em ação e dispersou os manifestantes usando bombas de efeito moral. Equipes do Corpo de Bombeiros, que estavam no local, trabalharam por cerca de 15 minutos para conter as chamas. Segundo a reportagem do Paraná TV 2ª edição, as bombas foram usadas porque os manifestantes não cumpriram o combinado, de liberar a via assim que a imprensa chegasse.

Leia também: Acordo define retirada de acampamento pró-Lula dos arredores da PF

O protesto, feito pelos moradores da Vila Torres, teve como objetivo chamar a atenção para a violência policial. Mulheres e crianças ocuparam a pista com cartazes nas mãos e reclamaram principalmente de uma suposta violência policial em um caso que terminou com a morte de dois homens no último sábado, no mesmo bairro.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/04/16/Curitiba/Imagens/Vivo/WhatsApp Image 2018-04-16 at 18.38.10.jpeg
Àtila Alberti

Outro bloqueio

Os manifestantes já haviam bloqueado ruas no início do mês de abril pela morte de dois homens da comunidade na madrugada de domingo (1.º), em um confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope). Segundo os policiais, os dois homens trocaram tiros com os PMs e morreram na hora.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE