Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Reconhecimento

Inscrições de startups para Elevator Pitch são prorrogadas até quinta-feira

Vencedor apresentará sua ideia de negócio durante o evento Empreender Gazeta do Povo, que acontece em dezembro no Centro de Eventos da Fiep

  • Da Redação
Primeira edição de 2016 do Empreender Gazeta do Povo reuniu mais de 600 pessoas em Curitiba | Pedro Serapio/Gazeta do Povo
Primeira edição de 2016 do Empreender Gazeta do Povo reuniu mais de 600 pessoas em Curitiba Pedro Serapio/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Foram prorrogadas as inscrições para o Elevator Pitch, evento promovido pela Gazeta do Povo para estimular a criação de startups. Os empreendedores têm até esta quinta-feira (3) para enviar a sua ideia de negócio e ter a oportunidade de apresentar seu case de sucesso no evento Empreender Gazeta do Povo. As inscrições são feitas através do site da Gazeta do Povo.

Acompanhe mais notícias sobre empreendedorismo

Podem participar startups de qualquer área de atuação que já tenham um protótipo testado e que gerou receitas. A vencedora ganhará período de incubação na Aldeia Coworking, em Curitiba, participará de mentorias com empreendedores paranaenses e apresentará seu case no evento Empreender Gazeta do Povo, que acontece em dezembro no Centro de Eventos da Fiep.

Para fazer a inscrição, a startup terá que apresentar um resumo executivo com a ideia do seu negócio, outro resumo do MVP (minimum viable product) e dos testes realizados, relatório das receitas obtidas e um canvas no formato disponibilizado pelo Sebrae. As dez melhores propostas vão passar para a primeira etapa e, depois, ficam cinco startups que vão defender a sua ideia de negócio para um grupo de mentores durante 90 segundos em um elevador.

Regras

Na primeira etapa, uma banca examinadora analisará as propostas inscritas e selecionará dez startups para um pitch. Os avaliadores vão analisar o modelo de negócio da startup, a solução apresentada, o mercado em que está inserida, a possibilidade de escalabilidade e o potencial da equipe envolvida. A banca será formada por profissionais da Gazeta do Povo, do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), parceiro técnico do projeto, da Quantum, do Grupo Boticário, da Fleety, Aldeia Coworking e FAE. O resultado sai até 7 de novembro.

As dez startups selecionadas na primeira fase vão apresentar sua ideia de negócio para uma banca, no dia 9 de novembro, em Curitiba. Elas terão 10 minutos para fazer o seu pitch e mais cinco minutos para responder questões feitas pela banca. No pitch, os integrantes da empresa devem explicar qual é a proposta do negócio, qual a inovação envolvida, as formas de monetização e implementação do produto e os resultados esperados.

Elevator Pitch

Cinco startups serão selecionadas para participar do Elevator Pitch, fase final do evento. Os integrantes terão a oportunidade de defender o seu negócio em 90 segundos em um elevador para a banca. Toda a ação será gravada pela Gazeta do Povo e transformada em uma websérie para divulgação no site do jornal. O evento acontece no dia 13 de novembro.

Do Elevator Pitch sai a grande vencedora. A startup receberá um período de incubação gratuito na Aldeia Coworking, em Curitiba, entre os dias 14 de novembro e 2 de dezembro. Neste período, a empresa também receberá mentorias de empreendedores da Quantum, marca curitibana de celular, da Fleety, plataforma de compartilhamento de veículos entre pessoas, de Ricardo Dória, fundador da Aldeia Coworking, e de executivos do Grupo Boticário.

Empreender Gazeta do Povo

A startup vencedora também vai apresentar seu negócio no Empreender Gazeta do Povo, evento que acontecerá no dia 8 de dezembro, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). A primeira edição reuniu grandes nomes do empreendedorismo paranaenses, como Artur Grynbaum, presidente do grupo Boticário que palestrou para mais de 600 pessoas.

O Elevator Pitch é um evento promovido pela Gazeta do Povo que tem patrocínio da Fae Business School e da Itaipu Binacional e conta com o apoio técnico do IBQP.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE