Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Negócios

Site oferece serviço que transforma viagem em books fotográficos

Phototrip.me conecta turistas a fotógrafos que oferecem serviço de guias locais

  • Jéssica Sant’Ana
 | Divulgação
Divulgação
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Apaixonados por Buenos Aires, os brasileiros Tulio Pires Bragança e Henderson Moret se uniram há um ano para oferecer um serviço de guia turístico e ensaio fotógrafo a viajantes que queriam conhecer mais do que o Obelisco. Os profissionais acompanhavam os turistas por pontos inexplorados da cidade e registravam cada momento. Os clientes – casais, amigos e famílias em viagens a lazer – guardavam as fotos para recordação.

A experiência pelas ruas da capital argentina ganhou asas e hoje é oferecida em mais de 20 cidades do Brasil e do mundo. Criado em fevereiro deste ano, o Phototrip.me é um site que conecta viajantes a fotógrafos que moram na cidade de destino do turista. Os profissionais apresentam a região ao cliente e sugerem locais que vão além dos pontos turísticos tradicionais para fazer um book fotográfico.

Apesar de não terem formação em turismo, os fotógrafos são todos fãs das cidades em que moram. Com isso, oferecem ao cliente uma experiência completa de viagem, com fotos profissionais e serviço de guia local. O roteiro e duração do passeio são combinados previamente com o viajante.

São mais de 30 fotógrafos cadastrados em cidades que vão desde destinos locais, como Búzios, Gramado e Ouro Preto, até Amsterdam, Barcelona, Paris, Londres e Nova York. Para estar na plataforma, o profissional passa pelo crivo da dupla Bragança e Moret, que analisa portfólio e identificação com a cidade.

Funcionando há dois meses, o site já fechou mais de 20 ensaios. Os clientes são, normalmente, turistas em viagens a lazer, como famílias e casais. O serviço, apesar de não ser inédito no mundo, tem o diferencial de ser voltado para brasileiros.

Para começar a plataforma, Bragança e Moret investiram R$ 4 mil. Eles pretendem ampliar o negócio ao desenvolver um aplicativo, acrescentar roteiros e oferecer o serviço também em inglês e espanhol. “As pessoas estão cada vez mais valorizando a experiência”, conta Bragança, que sugere que os turistas abandonem o pau de selfie em troca de recordações profissionais de suas viagens.

Confira alguns ensaios fotográficos

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE