Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Educação

Fechar
PUBLICIDADE

Salários

Professores de Colombo decidem interromper a greve

De acordo com o APMC Sindicato, 37 das 44 escolas de ensino fundamental da cidade aderiram à paralisação dos últimos dias

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Os professores da rede municipal de ensino de Colombo decidiram nesta quarta-feira (4) interromper a greve iniciada no dia 2 de abril. O sindicato da categoria aceitou a proposta da prefeitura de amortizar as perdas salariais dos últimos anos, da ordem de 19,3% segundo o Dieese, em parcelas de 4% a partir do próximo ano. O acordo beneficiará os cerca de 2 mil professores vinculados à Prefeitura.

A rede municipal de Colombo atende mais de 20 mil alunos no ensino fundamental de 1ª a 5ª série, além cerca de mil crianças nas escolas de educação infantil. De acordo com o APMC Sindicato, 37 das 44 escolas de ensino fundamental da cidade aderiram à greve dos últimos dias.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Educação

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais