Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

ELIMINATÓRIAS

Com maior renda da história, Brasil vence e elimina o Chile

  • Vinicius Cordeiro, especial Gazeta do Povo
Gabriel Jesus comemora o seu primeiro gol contra o Chile. | Mauro Horita/ MoWA Press/Mauro Horita/ MoWA Press
Gabriel Jesus comemora o seu primeiro gol contra o Chile. Mauro Horita/ MoWA Press/Mauro Horita/ MoWA Press
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Com dois gols em dois minutos, o Brasil venceu o Chile por 3 a 0 na última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. O triunfo coroa a campanha da seleção sob o comando de Tite, que termina invicto e líder competição com 41 pontos, enquanto os chilenos, com os outros resultados, ficam de fora do Mundial do ano que vem, terminando na sexta colocação.

Paulinho aproveitou a falha do goleiro e Bravo para abrir o placar aos nove minutos da segunda etapa. No lance, Daniel Alves chutou para o gol na cobrança de falta e o chileno deu o rebote nos pés do meia, que não desperdiçou. Dois minutos depois, Neymar arrancou pela esquerda e tocou para Gabriel Jesus, livre, na cara do gol, ampliar o marcador. Já nos acréscimos, Gabriel Jesus fechu o placar.

Veja todos os classificados para a Copa do Mundo

A partida, realizada no Allianz Parque, em São Paulo contou com um público de 41.008 torcedores. Com uma entrada média de R$ 368,67, este jogo quebrou o recorde de renda do futebol brasileiro com R$ 15.118.391,02 . Antes a marca pertencia ao Atlético-MG, na final da Libertadores de 2013, contra o Olimpia-PAR, que era de R$ 14 milhões.

LANCE a LANCE: Veja como foi Brasil x Bolívia

Sob o comando técnico de Tite, o Brasil não foi derrotado em nenhuma partida durante as Eliminatórias. Em 12 jogos, foram dez vitórias e dois empates, resultando um aproveitamento de 88,8%. Ou seja, com 32 pontos conquistados com o atual comandante, a seleção brasileira seria líder da competição, mesmo se desconsiderassem os sete jogos que o ex-treinador Dunga esteve na frente da seleção.

Confira quem foram os destaques da partida:

Craque

Gabriel Jesus

O atacante chegou aos sete gols, superou Neymar, com seis, e termina as Eliminatórias como artilheiro da amarelinha.

Bonde

Bravo

O goleiro chileno falhou feio no primeiro gol, o que abriu o caminho da vitória brasileira.

Guerreiro

Neymar

O craque brasileiro foi muito bem mais uma vez. Com boas jogadas, ele foi o grande destaque ofensivo da seleção e autor da assistência do segundo gol.

Gols

2º tempo

1 x 0 (9 min) - Paulinho aproveita o rebote do goleiro Bravo na falta de Daniel Alves e chuta no canto direito para abrir o placar

2 x 0 (11 min)- Neymar invade a área e toca para Gabriel Jesus, sozinho, na pequena área, dominar e empurrar para o fundo das redes

3 x 0 (47min)- O goleiro Bravo foi para a área adversária, no desespero. No contra-ataque, Gabriel Jesus entrou com bola e tudo.

Chave do jogo

Tranquilidade brasileira

Com a liderança e a vaga no Mundial garantidas, a seleção brasileira não se desesperou na partida. Apesar do jogo truncado e recheado de faltas, Neymar e seus companheiros aproveitaram os erros dos chilenos para liquidar o confronto e fechar a participação brasileira nas Eliminatórias com um grande resultado.

Cartões

Amarelos: Neymar e Coutinho (Brasil), Sánchez, Isla (Chile)

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

  1. Rogério Bacellar falou sobre diversos temas do dia a dia do Coritiba. | Antônio More/Gazeta do Povo

    balanço

    Rebaixamento, Belletti, novo Couto, alemão: as explicações de Bacellar para a torcida do Coxa

  2. Coritiba levantou a taça do Estadual em 2017. | Albari Rosa/Gazeta do Povo

    estadual 2018

    Pelo WhatsApp, e sem Atlético e Coritiba, clubes ajustam nova fórmula do Paranaense

  3. Hélio Cury, presidente da FPF> | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

    calendário

    Com três troféus em disputa, Paranaense 2018 se inspira na fórmula do Carioca

PUBLICIDADE