Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Brasileiro

Coritiba culpa cansaço por péssima atuação em Campinas

Jogadores lamentaram o fato de voltar a campo menos de três dias após a final da Copa do Brasil, enquanto o adversário passou a semana apenas treinando

  • Helen Anacleto, especial para a Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Coritiba mal se livrou das justificativas pela perda do título da Copa do Brasil para o Palmeiras, na quarta-feira, e já teve de voltar a dar explicações. Após sofrer uma goleada por 4 a 1 no jogo contra a Ponte Preta na noite deste sábado (14), o time culpou o desgaste pela péssima apresentação em Campinas.

"É ridículo o que o time apresentou aqui", desabafou o meia Rafinha, admitindo a má apresentação. Mas ele colocou os erros do time na conta da falta de tempo entre a final da competição nacional e a nona rodada do Brasileirão. "É lamentável, mas o calendário brasileiro é isso aí", disse.

De acordo com o zagueiro Pereira, além do abalo emocional de voltar o campo tão rápido, o time sentiu o cansaço contra a Ponte. "Eles descansaram a semana inteira e chegaram numa intensidade forte. Isso faz diferença", avaliou. Para Rafinha, o fato de o Palmeiras — adversário na decisão da Copa do Brasil - jogar apenas neste domingo representa um favorecimento ao time paulista. "Nós pedimos várias vezes pra mudar a data dos nossos jogos", reclamou, dando como exemplo o Corinthians, que teve o duelo com o Botafogo adiado quando disputava a fase final da Libertadores.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

  1.  | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

    desabafo

    Autuori detona comportamento “intolerável” e “covarde” da torcida do Atlético

  2.  |

    série b

    Paraná pode eliminar dois concorrentes em casa. Veja a matemática do acesso

  3. Juliano Beletti, ex-jogador e atualmente diretor do Coritiba. | Divulgação Coritiba

    institucional

    Beletti rebate boatos de saída: “Sou diretor do Coritiba”

PUBLICIDADE