Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

futebol

Com a camisa 10 ‘vaga’, Coritiba aposta em Ruy como principal armador do time

Emprestado pelo Alviverde, jogador teve papel importante no acesso do América-MG à Série A no ano passado

  • Daniel Malucelli
Revelado pelo Coxa, Ruy ainda não se firmou no clube. | Daniel Caron/Gazeta do Povo
Revelado pelo Coxa, Ruy ainda não se firmou no clube. Daniel Caron/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Sem contratações para o meio de campo, o Coritiba aposta no retorno de Ruy para suprir a necessidade de criação do setor ofensivo. O meia de 28 anos está com moral elevada com a diretoria depois da passagem por empréstimo pelo América-MG, campeão da Série B no ano passado.

A volta de Ruy encerrou a chance de renovação com o alemão Baumjohann, que apesar de ter disputado apenas dois jogos em 2017, despertou curiosidade na torcida coxa-branca para ter uma sequência nesta temporada.

>> PARANAENSE 2018: confira a tabela do Estadual

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

“Nós identificamos que no setor temos o Ruy, um prata da casa que volta de empréstimo oriundo de uma equipe campeã. E temos também Kady e Thiago Lopes. Então, no nosso entendimento é satisfatório”, confia o diretor de futebol Augusto Oliveira, citando também os meias da base que não tiveram sucesso no empréstimo para o Londrina no ano passado. Mas na numeração fixa, a camisa 10 ainda está vaga.

Ruy foi revelado pelo Coxa em 2009, mas não se firmou e saiu do clube. Ele retornou em 2015, depois de ser o destaque do título estadual do Operário. Mas desde então, Ruy frequentou mais o departamento médico do que os gramados. Ele jogou apenas 45 vezes pelo Coxa nos últimos três anos, somente 36% das partidas no período. Pelo Coritiba, Ruy tem quatro gols e seis assistências.

Irregular no América-MG, Ruy pode ter contrato estendido no Coritiba

Os problemas físicos também afetaram o atleta no América-MG. Depois de ser o destaque do Coelho no primeiro turno da Série B anotando seis gols, ele sofreu com lesões musculares e alternou entre titularidade e o banco de reservas. Dos 36 jogos da Segundona, ele atuou somente em 22, sendo 16 como titular.

O clube, porém, segue confiante em Ruy e o presidente Samir Namur estuda uma renovação do vínculo com direito a bonificação salarial embutida na negociação. “Ele teve propostas de outros clubes da Série A e tem contrato conosco. E há conversas com o seu representante para que o contrato seja estendido. Claro que ele receberia um aumento por conta disso”, revela o Namur.

O América-MG tentou renovar o empréstimo do meia, mas teve a pedida rejeitada pelo Coxa. “Desde o momento que acabou a Série B eu já tinha em mente me apresentar ao Coritiba. Ver o presidente do clube declarando que quer contar comigo é uma satisfação e um combustível a mais para mim”, agradece o meia.

VEJA TAMBÉM:

>> COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JUNIOR: confira a tabela completa da competição

>> MERCADO DA BOLA INTERNACIONAL: siga a janela de transferências na Europa

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE