Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

fórmula 1

Hamilton arranca no fim, desbanca Vettel e fatura a pole para o GP da China

Esta será a 63.ª vez que o piloto britânico largará na frente na Fórmula 1, somente duas atrás do brasileiro Ayrton Senna

  • Estadão Conteúdo Web
 | Johannes Eisele/AFP
Johannes Eisele/AFP
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O inglês Lewis Hamilton faturou neste sábado (8) a pole position para o GP da China, que acontecerá no domingo (9) e é a segunda prova do calendário de 2017 da Fórmula 1. Como em Melbourne, na primeira corrida do ano, o piloto da Mercedes superou seu principal concorrente no treino classificatório, o alemão Sebastian Vettel, para largar na frente mais uma vez na carreira.

Para faturar a pole, Hamilton precisou arrancar no fim do treino deste sábado, depois de ver a Ferrari ser mais veloz nas duas primeiras sessões da atividade. No Q3, então, o inglês marcou o tempo de 1min31s678, quase três décimos mais rápido do que Vettel, que marcou 1min31s864 e sairá na segunda colocação.

Largar na frente pela segunda vez em duas provas na temporada é uma conquista simbólica para Hamilton e a Mercedes, que viram crescer as dúvidas sobre a capacidade da equipe de manter a predominância dos últimos três anos após as mudanças nas regras da Fórmula 1. Agora, o desafio do inglês é superar Vettel também na prova, já que no GP da Austrália foi o alemão quem levou a melhor.

Com a pole, Hamilton ainda se aproximou de seu maior ídolo. Esta será a 63.ª vez que o piloto largará na frente na Fórmula 1, somente duas atrás do brasileiro Ayrton Senna. O recordista é o alemão Michael Schumacher, com 68.

Para completar a festa da Mercedes, a terceira colocação no grid será do finlandês Valtteri Bottas, que por pouco não selou uma dobradinha da equipe. O piloto ficou somente a um milésimo de Vettel, ao cravar 1min31s865.

Como a primeira, a segunda fileira também será dividida por Mercedes e Ferrari, já que Kimi Raikkonen, piloto da equipe italiana, sairá na quarta colocação, com a marca de 1min32s140. A quinta posição ficou com a Red Bull de Daniel Ricciardo, que cravou 1min33s030.

O brasileiro Felipe Massa veio logo na sequência e melhorou seu rendimento em relação ao GP da Austrália, quando saiu em sétimo. Desta vez, o piloto da Williams conseguiu a sexta colocação no grid, ao marcar 1min33s507.

Ao contrário do que aconteceu nos treinos livres de sexta-feira, quando a intensa neblina interrompeu a realização de uma das sessões e impediu que a outra acontecesse, o clima ajudou neste sábado. E Vettel tratou de mostrar serviço ao terminar o Q1 na frente.

A primeira parte do treino ainda reservou algumas surpresas, sendo as principais delas as eliminações de Romain Grosjean, da Haas, e Max Verstappen, da Red Bull. Grosjean rodou quando completava sua primeira volta na pista, teve um de seus pneus furados e não conseguiu se recuperar, assim como Verstappen, que enfrentou problemas em seu carro e sequer se classificou ao estágio seguinte.

No Q2, novo domínio da Ferrari, mas desta vez como Raikkonen à frente e Vettel na segunda colocação. Depois de sofrer um acidente no Q1, Antonio Giovinazzi, da Sauber, não foi à pista e acabou eliminado, assim como Fernando Alonso, que mais uma vez sofreu com sua McLaren. Companheiro de Massa na Williams, Lance Stroll sofreu nos dois estágios iniciais, mas garantiu a classificação para a última fase do treino.

No Q3, Hamilton mostrou serviço e superou a Ferrari logo na primeira tentativa. Na última ida à pista, ainda melhorou seu tempo e cravou a pole, deixando para trás Vettel e Raikkonen. Um pouco mais atrás, Massa também aproveitou sua última volta para superar Nico Hulkenberg e ganhar a sexta colocação.

Depois de uma prova disputada na temporada, a liderança do Mundial de Pilotos é de Vettel, com 25 pontos, seguido por Hamilton, com 18, e Bottas, com 15. Segunda etapa do calendário, o GP da China será disputado neste domingo, às 3 horas (de Brasília).

Confira o grid de largada do GP da Austrália:

1.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min31s678

2.º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min31s864

3.º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min31s865

4.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min32s140

5.º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - 1min33s033

6.º - Felipe Massa (BRA/Williams) - 1min33s507

7.º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault) - 1min33s580

8.º - Sergio Perez (MEX/Force India) - 1min33s706

9.º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) - 1min33s719

10.º - Lance Stroll (CAN/Williams) - 1min34s220

11.º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) - 1min34s150

12.º - Kevin Magnussen (DIN/Haas) - 1min34s164

13.º - Fernando Alonso (ESP/McLaren) - 1min34s372

14.º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - 1min35s046

15.º - Antonio Giovinazzi (ITA/Sauber) - não marcou tempo

16.º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) - 1min34s963

17.º - Romain Grosjean (FRA/Haas) - 1min35s023

18.º - Jolyon Palmer (ING/Renault) - 1min35s223

19.º - Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min35s433

20.º - Esteban Ocon (FRA/Force India) - 1min35s496

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE