Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

fórmula 1

Hamilton vence GP do Canadá e toma champagne com “Professor Xavier”

  • Folhapres web
Hamilton comemora a vitória no GP do Canadá | CLIVE MASON/AFP
Hamilton comemora a vitória no GP do Canadá CLIVE MASON/AFP
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O britânico Lewis Hamilton sobrou no GP do Canadá de F-1, na tarde deste domingo (11). Pole position, o piloto da Mercedes liderou de ponta a ponta e subiu na posição mais alta do pódio. Foi a terceira vitória do atleta na temporada.

A Mercedes, aliás, fez dobradinha em Montreal: o finlandês Valteri Bottas foi o segundo. Daniel Ricciardo, australiano da Red Bull, ficou em terceiro.

Hamilton, além de ter feito um “domingo perfeito”, contou com um pouquinho de sorte. Seu principal rival na temporada, o alemão Sebastian Vettel, que largou em segundo, foi vítima de acidente logo na primeira curva. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, tentou ultrapassá-lo logo na primeira curva e danificou o bico da Ferrari de Vettel, que foi obrigado a fazer uma parada não programada nos boxes e caiu para a 18ª posição.

Vettel terminou apenas em quarto. Além do acidente, amargou também erro de estratégia: para tentar recuperação, no mesmo pit stop em que trocou a asa danificada, a equipe apostou em pneus supermacios, devido ao bom rendimento deles nos treinos. Neste domingo, no entanto, a pista estava mais quente e foram os pneus macios que renderam melhor. A tática não funcionou e deixou o líder do campeonato fora do pódio.

Lewis Hamilton ainda é vice-líder do campeonato, atrás de Sebastian Vettel, mas diminuiu a diferença de 25 pontos para 12. Com a vitória, o britânico pulou para 129 pontos e Vettel, quarto colocado, foi 141. A próxima corrida será no Azerbaijão, em Baku, no dia 25 de junho.

MASSA

O brasileiro Felipe Massa também sofreu acidente na primeira volta, ocorrido nas curvas três e quatro. O piloto da Williams, que havia realizado bom treino classificatório no último sábado e largou da sétima posição no Canadá, foi atingido pelo espanhol Carlos Sainz, da Toro Rosso, e teve de deixar a prova. Foi o primeiro abandono de Massa na temporada e o segundo de Sainz.

“Professor Xavier”

Lewis Hamilton foi entrevistado no pódio do GP do Canadá, em Montreal, após vencer a prova, por ninguém menos que o “Professor Xavier”, de X-Men. É que o ator Patrick Stewart, que interpreta o personagem nos cinemas, atacou de repórter em Montreal, neste domingo (11), e teve de beber champagne na sapatilha do britânico.

“Cada ano que eu volto aqui a torcida cresce, a energia é mais forte. Agradeço muito à torcida. Tive aqui minha primeira pole, minha primeira vitória há 10 anos. É um lugar especial”, disse o vencedor, que liderou a corrida de ponta a ponta.

“Você pode ler a minha mente”, brincou Hamilton, referindo-se ao personagem de sucesso de Stewart. “Se você puder ler a minha mente, sabe o que estou sentindo. Estou muito feliz por igualar o número do Senna”, prosseguiu. Neste fim de semana, Hamilton conquistou sua 65ª pole position da carreira, número igual ao do ídolo brasileiro.

Na corrida, Valteri Bottas, finlandês da Mercedes, ficou em segundo e Daniel Ricciardo, alemão da Red Bull, foi o terceiro.

“É a quinta vez que corro aqui, meu terceiro pódio. A maneira que a gente conseguiu melhorar muito em duas semanas foi fundamental. O começo foi difícil por conta da Red Bull, depois fiquei atrás da Force India. Eu e Lewis fomos de estratégias diferentes e ele estava muito na minha frente”, avaliou Bottas.

Felipe Massa bateu na primeira volta e teve de abandonar o GP. A F-1 terá próximo compromisso em 25 de junho, em Baku, no Azerbaijão.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE