Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Brasileirão

Ney Franco quer evitar suspensões e pede atenção ao ataque do Grêmio

Partida que marcará reencontrou de Alex Mineiro com a torcida e com o "causador" de seu afastamento promete ser tensa

  • Eduardo Luiz Klisiewicz - Gazeta do Povo Online
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Após a conquista de mais um ponto importante no Brasileirão 2007 – empate em 1 a 1 contra o Cruzeiro no Mineirão – o Atlético Paranaense retomou os trabalhos nesta terça-feira no CT do Caju. O próximo jogo, quarta-feira a partir das 19h30 contra o Grêmio, promete ser tenso por marcar o reencontro do time atleticano com o adversário gaúcho, um dos responsáveis diretos – ou indiretos talvez – pelos momentos difíceis que o clube passou no segundo semestre.

Na primeira partida, em 28 de julho, o atacante Alex Mineiro recebeu um chute involuntário no rosto e precisou passar por uma cirurgia de reconstrução dos ossos da face. Além disso, Evandro recebeu uma cotovelada e perdeu três dentes naquela partida. Cerca de 90 dias depois o atacante Alex Mineiro se apresenta pela primeira vez diante da torcida atleticana, justamente contra o Grêmio.

Atenção defensiva

A invencibilidade que mantinha na defesa – que já chegava a 4 jogos – foi quebrada contra o Cruzeiro, mas a boa fase não. Com esse pensamento, o técnico Ney Franco pede atenção redobrada para o setor. O treinador alertou para o poder ofensivo do adversário da próxima rodada.

"A equipe do Grêmio está em uma situação boa dentro do Brasileiro e brigando por uma vaga na Copa Libertadores. Eles mostraram uma força muito grande nas bolas aéreas e tem jogadores com talento. Então será um jogo difícil, mas dentro de casa temos que vencer", disse o treinador.

O treinador também quer que o time não cometa muitas faltas, afinal vários jogadores estão pendurados com dois cartões amarelos. "Estamos em um momento com muitos jogadores pendurados com dois cartões e traçamos uma meta para que esses jogadores consigam ir até o final do Brasileiro sem tomar o terceiro. Isso nos ajudará na competição".

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE