Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

série b

Cinco motivos para acreditar no acesso do Paraná à Série A e dois para desconfiar

Tricolor está próximo do G4 e sonha com o retorno à Primeira Divisão após 10 anos no andar de baixo do futebol nacional

  • Daniel Malucelli
Lisca e o grupo do Tricolor: confiança no acesso. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Lisca e o grupo do Tricolor: confiança no acesso. Jonathan Campos/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Paraná está confiante que pode, enfim, deixar a Série B após 10 anos. No sábado (12), o Tricolor recebe o ABC, na Vila Capanema, às 16h30, pela 20.ª rodada. Veja cinco motivos para acreditar no acesso e dois para desconfiar:

TABELA: Veja a classificação e os jogos da Série B

Para confiar no acesso

Melhor mandante

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/10/Esportes/Imagens/Cortadas/15198776-kxyE-ID000002-1024x341@GP-Web.jpg
Antônio More / Agência de Notícias Gazeta do Povo/Antônio More / Agência de Notícias Gazeta do Povo

O Paraná tem a melhor campanha caseira da Série B com 74,1% de aproveitamento na Vila Capanema. Em pontuação, o Tricolor soma 20 pontos e perde apenas para o Juventude (22) e América-MG (21), ambos com uma partida a mais dentro de casa.

Time que mais finaliza

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/10/Esportes/Imagens/Cortadas/MINHO 2JC-2602-kDmG-ID000002-1024x341@GP-Web.jpg
Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O Tricolor é o líder em finalizações certas da Série B, com 102 chutes ao gol dos adversários. O setor ofensivo paranista, do atacante Minho (acima), também está com moral. É o segundo mais letal, com 26 gols, atrás somente do Londrina, que já balançou as redes rivais 28 vezes.

Combatividade

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/10/Esportes/Imagens/Cortadas/CRISTOVAM 1JC-kDmG-U202300278847LfB-1024x341@GP-Web.jpg
JONATHAN CAMPOS/Gazeta do Povo

Outro dado estatístico que representa a ‘pegada’ que o time tem na Segundona é a quantidade de desarmes: 320 roubadas de bola precisas, perdendo apenas para o Brasil-RS no quesito. O destaque vai para o lateral-direito Cristovam (acima), maior ladrão de bolas do elenco, com 47 desarmes.

Retorno da torcida à Vila

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/10/Esportes/Imagens/Cortadas/Paraná Clube x CRB (114)-kDmG-U2023002788470e-1024x341@GP-Web.jpg
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

As promoções de ingressos têm surtido efeito. O Paraná pulou de 12.º para 5.º no ranking de público da Série B depois de dois jogos com preços mais acessíveis. Resultado: duas goleadas diante de Santa Cruz e CRB e clima de união entre o técnico Lisca, jogadores e torcida.

Salários em dia

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/10/Esportes/Imagens/Cortadas/Coletiva_Parana - MA-15-kDmG-U202300278847xMI-1024x341@GP-Web.jpg
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

De todas as temporadas, 2013 foi quando o Tricolor mais se aproximou do acesso. Mas depois de terminar o primeiro turno no G4, o desempenho caiu drasticamente. Um dos principais motivos para a queda foram os salários atrasados. Mas nesta temporada, jogadores garantem que estão com a a folha em dia e contam com a promessa da diretoria de manter desta forma.

Para desconfiar do acesso

Campanha fora de casa

O Paraná é o terceiro pior visitante. Só supera Luverdense e ABC. Em 10 jogos, venceu apenas um, empatou quatro e perdeu cinco. Se continuar inoperante longe da Vila, será difícil entrar e se consolidar no G4.

Erros de passe

Um dos objetivos de Lisca é ajustar a troca de passes da equipe. O Tricolor lidera a estatística com 977 erros. Na média, são 50 passes errados por jogo que dificultam a puxada de contra-ataques e entregam desnecessariamente a posse de bola aos adversários.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE