Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

mercado

Veja quem são os dez gringos mais promissores do mercado da bola 2018

  • Vinicius Cordeiro Especial para a Gazeta do Povo
Fabricio Bustos, do Independiente. | EITAN ABRAMOVICH/AFP
Fabricio Bustos, do Independiente. EITAN ABRAMOVICH/AFP
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A contratação de estrangeiros tem sido constante nos times brasileiros. O Brasileirão 2017 contou com 58 jogadores nascidos fora do país (veja aqui a lista completa). Apenas o lanterna Atlético-GO não tinha nenhum gringo no elenco.

Com o mercado da bola a pleno vapor em dezembro, listamos dez jogadores sul-americanos que chamaram a atenção neste ano e podem pintar no futebol brasileiro em 2018. Confira a lista:

Fabricio Bustos – lateral direito do Independiente

Com 21 anos, Bustos é uma das revelações da Argentina. Finalista e segundo melhor passador da Sul-Americana com o Independiente, ele foi recompensado por suas atuações com a convocação de Jorge Sampaoli para as duas últimas partidas da Argentina nas Eliminatórias. Com grande potencial, o jovem atleta tem contrato até 2019 e um valor de mercado de 4 milhões de euros.

MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

Diego Polenta – zagueiro do Nacional-URU

Com 23 anos e passagem pelo futebol italiano, Polenta foi um dos responsáveis pelo ótimo desempenho defensivo do Nacional na fase de grupos da última Libertadores. O time uruguaio sofreu apenas três gols nas seis partidas disputadas, mas acabou eliminado nas oitavas de final pelo Botafogo.

Com contrato até julho do ano que vem, ele já foi monitorado por Internacional, Grêmio e Flamengo. Atualmente, ele tem valor de mercado de 2,75 milhões de euros.

Iván Marcone – volante do Lanús

Líder em passes e desarmes na Libertadores, Marcone demonstrou muito qualidade no meio campo. Aos 27 anos, foi revelado pelo Arsenal de Sarandí, mas foi emprestado ao Lanús, que o contratou em definitivo até 2019. Atualmente, ele tem um valor de mercado de aproximadamente 3 milhões de euros.

LEIA TAMBÉM: Veja quem são os 10 jogadores mais cobiçados do mercado nacional

Alejandro Chumacero – volante The Strongest

O volante é o motor do The Strongest, da Bolívia, e impressiona pela chegada ao ataque. Mesmo eliminado nas oitavas de final da Libertadores, Chumacero terminou a competição como vice artilheiro - foram 8 gols anotados, assim como Luan, do Grêmio, e Ignácio Scocco, do River Plate.

Destaque da equipe nos últimos anos, ele quase fechou com o Goiás em julho deste ano, mas acabou frustrando os esmeraldinos. Com sondagens do México, Chile e Argentina, o meia de 26 anos tem um valor de mercado entre R$ 3,2 milhões e R$ 6,5 milhões, segundo o presidente do clube boliviano.

Alejandro Silva – meia do Lanús

O lateral-direito mostra polivalência e atua também no meio campo. Foi vice-líder em assistências da Libertadores, disputa que valorizou o uruguaio. Avaliado em 2 milhões de euros, o jogador de 28 anos têm uma boa experiência internacional. Além dos argentinos, atuou no Fênix e no Peñarol no seu país de origem, e no Olímpia, do Paraguai. O atleta é especulado no Internacional.

LEIA TAMBÉM: Bons e baratos! Veja 10 opções de reforços para clubes com baixo orçamento

Juan Quintero – meia do Independente Medellín

Com 24 anos, o jogador do Independente Medellín pertence ao Porto, de Portugal. Sem vingar na Europa, ele voltou para a Colômbia, onde é um dos maiores destaques do campeonato nacional. Canhoto e muito habilidoso, ele tem um valor estimado por volta de 3,5 milhões de euros.

Jorge Rojas – meia do Cerro Porteño

Líder de assistências na Sul-Americana, Rojas marcou um dos gols na final que consagrou o Cerro Porteño campeão do Clausura desta temporada. Aos 29 anos e com passagem pelo futebol de Portugal (Belenenses e Benfica), Rojas é o jogador dessa lista com valor de mercado mais baixo: 1 milhão de euros.

Jonatan Álvez – atacante Barcelona-EQU

O jogador de 29 anos defendeu sete times no Uruguai e se transferiu para o Vitória de Guimarães, de Portugal. Sem cumprir as expectativas, foi para o Equador. Neste ano, balançou as redes contra Palmeiras e Santos, despachando os brasileiros na Libertadores.

Forte fisicamente e com boa finalização, Álvez ganhou destaque pelas suas atuações e se tornou alvo dos clubes brasileiros – o Santos já mostrou interesse pelo atleta e chegou a ter negociações adiantadas com o Barcelona de Guayaquil. Entretanto, o valor necessário para contratá-lo gira em torno de 2,2 milhões de euros.

Nicolás Blandi – atacante do San Lorenzo

Aos 27 anos, fez cinco gols em dez partidas disputadas na última Libertadores. Na temporada 17/18, ele já marcou oito vezes em 14 jogos. Porém, qualquer clube teria que desembolsar cerca de 4,8 milhões de euros para tirar o ‘delantero’ do San Lorenzo.

Lautaro Acosta – atacante do Lanús

Destaque do time vice-campeão da Libertadores, Acosta deu muito trabalho para as defesas adversárias - com 41 faltas sofridas, ele foi o jogador mais caçado da competição. Rápido e habilidoso, o atacante tem contrato até a metade do ano que vem. Com uma multa rescisória acima R$ 21 milhões, o atleta de 29 anos pode assinar um pré-contrato com outro time a partir de janeiro. O Internacional já demonstrou interesse em contar com o atleta, mas o Cruzeiro já tem conversas adiantadas.

*os valores de mercado foram obtidos no site Transfermarkt.

Veja os gringos que disputaram o último Brasileirão:

Atlético-MG – Erazo (EQU), Cazares (EQU) e Otero (VEN)

Atlético – Pávez (CHI), Lucho (ARG) e Eduardo da Silva (CRO)

Avaí – Salazar (COL), Joel (CAM) e Toshi (JAP)

Bahia - Armero (COL), Allione (ARG) e Mendoza (COL)

Botafogo – Gatito Fernández (PAR), Joel Carli (ARG) e Leo Valencia (CHI)

Corinthians – Balbuena (PAR), Romero (PAR) e Kazim (TUR)

Cruzeiro – Ariel Cabral (ARG), Lucas Romero (ARG), Messidoro (ARG) e De Arrascaeta(URU)

Coritiba – Baumjohann (ALE) e Filigrana (Peru)

Flamengo – Miguel Trauco (Peru), Cuéllar (COL), Mancuello (ARG), Conca (ARG), Berrío (COL) e Paolo Guerrero (Peru)

Fluminense – Orejuela (EQU) e Sormoza (EQU)

Grêmio – Kannemann (ARG), Lucas Barrios (PAR), Arroyo (EQU) e Beto da Silva (Peru)

Palmeiras – Mina (COL), Guerra (VEN) e Borja (COL)

Ponte Preta – Jorge Mendonza (ARG)

Santos – Fábian Noguera (ARG), Vecchio (ARG), Vladimir Hernández (COL) e Copete (COL)

São Paulo – Buffarini (ARG), Diego Lugano (URU), Arboleda (EQU), Cueva (Peru), Jonatan Gomez (ARG) e Lucas Pratto (ARG)

Sport - Mena (CHI), Oswaldo Henríquez (COL) e Lenis (COL)

Vasco – Martín Silva (URU), Escudero (ARG), Manga Escobar (COL), André Ríos (ARG)

Vitória – Santiago Tréllez (COL)

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE