Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

viralizou

Família se explica após crianças “invadirem” entrevista ao vivo

Apesar de ter rido da situação, o professor universitário Robert E. Kelly achou que nunca mais seria chamado para entrevistas

 | Reprodução/BBC
Reprodução/BBC
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Após virar sensação na internet na semana passada, a família do professor Robert E. Kelly voltou à BBC para uma nova entrevista - dessa vez sem interrupções. Na última sexta-feira (10), Kelly concedia uma entrevista ao vivo, por Skype, sobre o impeachment da presidente Park Geun-hye à rede de televisão britânica quando foi interrompido por seus dois filhos e sua esposa.

“Todos que conhecemos acharam o vídeo hilário. Mas entendemos por que as pessoas parecem ter gostado tanto... É divertido”, disse Kelly ao apresentador James Menendez nesta terça-feira (14), o mesmo que conduziu a entrevista original. Assista à entrevista.

Apesar de, ao lado da esposa, a coreana Jung-a Kim, ter rido da situação, ele também ficou preocupado de que a BBC nunca mais o contatasse. Professor da Universidade Nacional de Pusan, Kelly é especialista em política sul-coreana.

Em outra entrevista, ao The Wall Street Journal, o professor contou que Marion, a filha mais velha e primeira a “invadir” o link com a BBC, tinha celebrado seu aniversário de quatro anos no jardim de infância mais cedo naquele dia. “Ela ainda estava em um estado ‘elétrico’ por causa da festinha na escola”.

O vídeo fez tanto sucesso que rodou o mundo e levou Kelly e Kim a desligarem seus celulares e evitarem as redes sociais por alguns dias, tamanha foi a quantidade de pessoas que tentaram fazer contato com o casal.

Babá

Embora tenha levado o ocorrido na esportiva, Kelly contou que ficou bastante desconfortável com o fato de muitas pessoas terem presumido que Kim, que também aparece no vídeo original, fosse a babá das crianças, e não sua esposa. A mulher, porém, não se incomodou tanto. “Eu espero apenas que as pessoas curtam o vídeo e não caiam nessa discussão”, afirmou.

Colaborou: Mariana Balan.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

PUBLICIDADE