Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

paris

Motorista armado morre após bater o carro contra van da polícia em Paris

O incidente teria ocorrido perto de um shopping na área e ninguém ficou ferido

  • Agência Estado
Oficiais fazem operação de segurança na Champs-Elisées após homem jogar o carro contra uma van da polícia | ALAIN JOCARDAFP
Oficiais fazem operação de segurança na Champs-Elisées após homem jogar o carro contra uma van da polícia ALAIN JOCARDAFP
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um carro colidiu contra uma van da polícia na Avenida Champs-Elysées, em Paris, nesta segunda-feira (19). O motorista estava armado e morreu no local. O incidente teria ocorrido perto de um shopping na área e ninguém, além do motorista ficou ferido. A Avenida Champs-Elysées é um dos mais frequentados por turistas na capital francesa. 

Segundo o departamento de polícia parisiense, há uma operação de segurança na região, que deve ser evitada pelo público. Autoridades acreditam que o motorista agiu deliberadamente.  

Testemunhas disseram à agência de notícia "Associated Press" que o suspeito jogou o carro – que continha explosivos– contra a viatura policial. O agressor vivia no subúrbio de Paris e já era um conhecido da polícia por seu extremismo.  

Após a colisão, o veículo pegou fogo. O esquadrão antibomba está no local.  

Pelo Twitter, a polícia de Paris informou que a "situação está sob controle". A estação de metrô Champs-Elysées-Clémenceau foi fechada por medidas de segurança. 

 O ministro do Interior da França, Gérard Collomb, afirmou que o ataque mostra que a ameaça de terrorismo ainda é alta no país e justifica o estado de emergência, decretado em 2015.  

Em abril, três dias antes do primeiro turno da eleição presidencial, um policial foi morto na Champs-Elysées. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico, responsável pela maioria dos ataques que deixaram 239 vítimas na França desde janeiro de 2015.  

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

PUBLICIDADE