Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

lava jato

Lula diz que irá a Curitiba e desafia Lava Jato a lançar candidato. Veja vídeo

Ex-presidente desafiou o magistrado a apresentar provas contra ele e sugeriu que força-tarefa lance um candidato para disputar eleições contra ele

  • Kelli Kadanus, com Folhapress
 | Ricardo Stuckert/PT
Ricardo Stuckert/PT
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Em caravana pelos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira (5) que pretende ir a Curitiba em campanha e provocou o juiz federal Sergio Moro e a força-tarefa da Lava Jato, responsável pela condenação do petista a 9 anos e seis meses de prisão no caso do tríplex no Guarujá. Lula disse que viajará a Curitiba, “lá na cidade do Moro”, durante um discurso em Campos (RJ).

LEIA MAIS: Lula desafia Moro no Espírito Santo e afirma: “ladrão tem que ir para cadeia”

“Queria dizer para vocês que vou percorrer o Rio de Janeiro. Depois vou percorrer o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Depois o Paraná, e Curitiba, lá na cidade do Moro. E eu quero dizer para vocês, eu desafio o Moro, eu desafio o Ministério Público e a Polícia Federal, a apresentar uma prova contra mim. Se eles não querem que eu seja candidato a presidente da República, tenham a coragem, parem de mentir e disputem as eleições comigo. Ou peçam para a Rede Globo lançar um candidato”, disse Lula no palanque.

O ex-presidente realiza sua terceira caravana pelo país de 2017. A viagem está prevista para terminar na sexta-feira (8) e é a última programada para este ano. Segundo a assessoria de imprensa do presidente, ele vai percorrer todos os estados brasileiros, mas o Paraná deve ficar para o ano que vem. Ainda não há data prevista para as próximas viagens de Lula, segundo a assessoria.

Moro surdo

O evento em Campos não foi a única ocasião em que o ex-presidente alfinetou Moro. Durante uma entrevista à rádio Continental AM, em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, Lula afirmou que a Lava Jato produz prejuízos ao trabalhador ao punir empresas, em vez da pessoa física.

Questionado se não teria dito isso ao juiz Sergio Moro, Lula respondeu que sim. “Acho que o Moro é surdo. Não ouve o que falo”, afirmou. Ao falar que existe uma campanha para impedir sua volta à Presidência, Lula negou que o juiz seja seu idealizador. “Moro é o instrumento”, afirmou o petista. “Tenho indignação com o comportamento da Lava Jato”, completou.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

PUBLICIDADE