Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida Pública

Fechar
PUBLICIDADE

Anticorrupção

Dilma recebe ativista Tawakkol Karman, vencedora do Nobel da Paz

Ativista afirmou que o Brasil pode ajudar o Iêmen na reconstrução da rede de proteção social, na formação de jovens e na implantação de programas de segurança alimentar

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A presidente Dilma Rousseff recebeu nesta quarta-feira (7) a jornalista e ativista Tawakkol Karman, Prêmio Nobel da Paz 2011. Elas discutiram transparência dos gastos públicas e políticas sociais. Após o encontro, a ativista afirmou que o Brasil pode ajudar o Iêmen na reconstrução da rede de proteção social, na formação de jovens e na implantação de programas de segurança alimentar.

"Três aspectos são muito importantes para nós, que é tentar recriar a rede de proteção social que existe no Brasil, conseguir bolsas de estudos para jovens iemenitas e o terceiro é a segurança alimentar, que nós sabemos que aqui é um exemplo. A gente gostaria que isso fosse feito no Iêmen", afirmou Karman, que está no Brasil participando da Conferência Internacional Anticorrupção (IACC), até sábado (10).

Ela elogiou a divulgação de gastos do governo federal na internet, mas defendeu que estados e municípios façam o mesmo. Para Karman, o modelo brasileiro pode ser adotado no Iêmen.

"Aprecio muito o esforço brasileiro no combate à corrupção. Acredito que o Brasil terá sucesso nessa luta e poderá depois ajudar nosso país a levantar a nossa economia", afirmou.

Karman fundou e lidera o grupo Mulheres Jornalistas sem Correntes e coordena o Conselho dos Jovens da Revolução Árabe. Ela ganhou o Nobel da Paz pela defesa dos direitos humanos em seu país. É casada e tem três filhos.

"Estou muito feliz por estar no Brasil. O brasileiro é um povo hospitaleiro. Estou aproveitando muito", disse a ativista, que participa do movimento pelo desenvolvimento sustentável com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais