Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Hoje, o Brasil já se destaca como um dos principais parceiros comerciais da Austrália. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Hoje, o Brasil já se destaca como um dos principais parceiros comerciais da Austrália.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Motivação não falta para sair do outro lado do mundo à procura de brasileiros. Depois de oferecer novas vantagens para atrair produtores daqui, o governo da Austrália vem ao Brasil para participar da 19ª Expodireto Cotrijal, uma das maiores feiras agropecuárias do país. O evento ocorre de 5 a 9 de março em Não-Me-Toque (RS).

A exposição terá como foco os avanços tecnológicos do setor, debatendo agricultura digital e inovações no campo.

Convidados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os australianos estarão no pavilhão internacional para reforçar e buscar novos investidores e parcerias.

Hoje, o Brasil já se destaca como um dos principais parceiros comerciais da Austrália. Entre as empresas que já investem por lá estão a JBS, Minerva Foods e Marfrig.

“Esta é a segunda vez que participamos da Expodireto. O evento é uma excelente oportunidade para fortalecer e estabelecer novos contatos e, com isso, ampliar parcerias comerciais e de investimentos”, afirma Chris Cobb, gerente de Desenvolvimento de Negócios de Agronegócios da Austrade – Australian Trade e Investment Commission (Comissão Australiana de Comércio e Investimento).

A feira

Com mais de 500 expositores e com a expectativa de receber mais de 240 mil pessoas, a Expodireto apresentará o que há de mais avançado em soluções e serviços para a agricultura e pecuária. No ano passado, os expositores fecharam R$ 2,12 bilhões em novos negócios. A participação internacional foi um dos destaques, com a presença de representantes de mais de 70 países.

Serviço

19ª edição da Expodireto Cotrijal

Período: de 5 a 9 de março

Local: Parque da Expodireto Cotrijal, Não-Me-Toque (ERS-142, km 24)

Horário: das 8h00 às 18h00

Entrada gratuita

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]