Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Divulgação/
| Foto: Divulgação/

Seja para curti-lo ou melhorar suas chances na hora de vendê-lo, manter o carro sempre novo é fundamental. A regra básica é investir na manutenção preventiva, que sai mais barato do que futuros reparos. Além dela, anote outros cuidados importantes.

SAIA DO VERMELHO

Evite acelerar até que o motor entre na faixa vermelha do conta-giros. Isso indica que a aceleração do carro está ultrapassando o limite de rotação e pode causar sérios danos. Não é à toa que a maioria dos carros tem uma faixa vermelha no mostrador, a partir dos 6.500 rpm.

Rodar em ponto morto em alta velocidade também não é recomendável. Além do desativar o freio motor e consumir mais combustível, quando for engatar a marcha, ela pode não entrar e, dependendo da velocidade, vai engatar e subir o giro do motor bruscamente.

TIRA A MÃO DAÍ

Eis um vício que pega 9 entre 10 motoristas: dirigir com a mão direita apoiada sobre a alavanca do câmbio. Pode até ser confortável, mas o desconforto virá na hora de encostar o carro no mecânico.

Isso porque o peso da mão, embora não pareça, força o mecanismo do conjunto, causando um atrito extra às peças. Ao longo do tempo surgirá o desgaste das engrenagens e anéis sincronizadores, que levarão a dificuldades nas trocas de marcha.

ENKONTRA VEÍCULOS.COM: Procurando um seminovo ou usado? Confira as principais ofertas do mercado e também anuncie gratuitamente.

PÉ ESQUERDO

Outro vício parecido com a mão sobre o câmbio é o pé esquerdo sobre a embreagem. Os carros atuais trazem, ao lado do pedal da embreagem, um apoio para o pé, justamente para evitar essa conduta.

Por menor que seja a força do apoio sobre o pedal, a embreagem está sendo acionada continuamente, o que diminui sua vida útil.

PNEUS

É interessante calibrá-los toda semana. Rodar com os compostos abaixo da pressão indicada pode ocasionar deterioração precoce de todo sistema de rodagem, como amortecedores, molas, bandejas de suspensão.

Além do mais, se estiverem acima ou abaixo da calibragem ideal, eles perderão a performance estabelecida para sua composição, além de tornar o veículo mais gastão.

CHECK-UP

Como nós realizamos nosso check-up, os carros também precisam de revisão periódica para conferir se está tudo em ordem com sua saúde. Siga o manual do veículo e tudo ficará bem com os sistemas de lubrificação e refrigeração, com as velas, correia dentada e filtros, entre outros itens.

BATEU, ARRUMOU

Deu uma batidinha que resultou num pequeno amassado? Além da questão estética, não repara o dano o mais breve possível ocasionar ferrugem no local, deixando o visual ainda pior.

BANHO COM CARINHO

Cuidado com a lavagem do carro. Evite produtos químicos agressivos, como querosene. Detergente e sabão neutro são os indicados. Se optar por lavagem a seco, saiba que o serviço costuma utiliza esfregões enormes, que podem prejudicar a pintura e até a lataria.

Ao levar no lavajato, veja se o lavador começa pelo teto. Se não, peça que faça isso, pois se ele iniciar por baixo a bucha ou pano pode pegar terra respingada das rodas, o que provavelmente irá riscar toda lataria.

Nos carros com pintura preta, as marcas de movimentos circulares ficam bem evidenciadas.

Automóvel exposto ao sol e à chuva com frequência requer um enceramento a cada três meses, pelo menos.

TRATE BEM O SEU VEÍCULO

Conduza sempre com precaução. Isso significa evitar pisar bruscamente na embreagem, passar de lado nas lombadas, fazer esforço no volante durante as curvas, arrancar em subidas ‘cantando’ o pneu etc. Seu automóvel e os componentes dele agradece.

‘ESCOVE’ OS FARÓIS

Com o tempo, os faróis tendem a ficar um pouco amarelado. Mas, em vez de trocá-los, use uma esponja e uma pasta de dente para clarear as lentes. A oxidação sofrida pelos faróis é muito parecido com a que ocorre nos dentes. Você também pode usar detergente, bicarbonato de sódio e vinagre que o resultado será o mesmo.

FUJA DO COCÔ DE PÁSSARO

Ao estacionar o carro, certifica-se que ele não ficará embaixo de uma goteira de cimento ou próximo a um serviço de pintura. Evite também parar embaixo de árvores, pois será alvo das fezes de pássaros. Caso não sejam removidas rapidamente, poderão deixar manchas na lataria. E não tente tirar a marca em casa com gasolina, tíner ou algo do gênero. O melhor é levar o veículo para uma oficina especializada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]