Novo Toyota Prius chega ao Brasil com visual menos polêmico
| Foto:

A Toyota Prius está de cara nova. A atualização do híbrido chega às lojas em meados de agosto em versão única ainda como linha 2019, por R$ 128.530 - R$ 3 mil a mais que o antecessor.

A marca japonesa decidiu amenizar os traços acentuados da linha anterior, um tanto controversos para o padrão de um sedã. Os faróis ficaram mais finos e perderam o recorte inferior que invadia o para-choques.

Some também a luz diurna em led na vertical localizada na porção inferior. No lugar foi colocado um nicho que simula uma entrada de ar, dando um aspecto mais esportivo.

>> Listamos os 10 modelos mais baratos no Brasil; só 3 estão abaixo dos R$ 40 mil

>> Flagra: nova geração do Onix circula pelas ruas; veja o que já sabemos do carro

Na traseira, as lanternas deixam de afinar verticalmente até o para-choques, assumindo uma design mais horizontal, invadindo a tampa do porta-malas. Porém o vidro traseiro continua dividido em duas partes, separado por um aerofólio.

A Toyota também enxugou o interior do carro. A moderna central multimídia com tela vertical de 11,6 polegadas dá lugar a uma versão mais simples, de 7", em formato horizontal. O dispositivo não traz conexões Android Auto e Apple CarPlay, apenas o recurso de espelhamento MirrorLink para celulares Android.

O conjunto mecânico se manteve. O motor 1.8 a gasolina, de 98 cv e 14,2 kgfm de torque, combina com um elétrico, de 72 cv e 16,6 kgfm, gerando uma potência total de 123 cv. Atualmente, é o modelo mais econômico vendido no Brasil, capaz de rodar 18,9 km na cidade com 1 litro de combustível.

A Toyota do Brasil optou ainda por não oferecer a tração integral, uma novidade no carro lá fora. A tração é só nas rodas dianteiras.

>> Nissan lança o elétrico Leaf com choque no preço; veja como ele anda

>> Corsa, Mille, Fusca… Como seria hoje o preço de carros populares dos anos 90

Novo Corolla chega em setembro

O novo Prius estará nas concessionárias um pouco antes da nova geração do Corolla. O sedã médio estreará a inédita motorização híbrida flex, a primeira com essa tecnologia no mundo.

A marca já divulgou a potência do propulsor, que será maior que a do Prius. A motor 1.8 vai gerar 101 cv quando abastecido com etanol - 3 cv a mais do que o Prius - deve continuar com os 98 cv na gasolina. O elétrico mantém os 72 cv.

A potência combinada não foi revelada, mas é provável que Corolla híbrido flex alcance 125 ou 126 cv. Já o preço do Corolla híbrido nacional, que será feito em Indaiatuba (SP), ficará muito próximo ao do irmão: R$ 130 mil.

>> Fiat terá motor turbo só a etanol com consumo igual ou melhor que motor a gasolina

PRIUS 2019 x PRIUS ANTIGO

Faróis perdem porção que invade o para-choque e some a luz diurna na parte inferior.
Faróis perdem porção que invade o para-choque e some a luz diurna na parte inferior.
Formato das lanternas agora é horizontal e invade a tampa do porta-malas.
Formato das lanternas agora é horizontal e invade a tampa do porta-malas.
Central multimídia troca o estilo tela de celular por uma mais simples, horizontal.
Central multimídia troca o estilo tela de celular por uma mais simples, horizontal.

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]