Deputado paranaense defende "Lei do Abate", que permite à polícia atirar em quem porta fuzil - Caixa Zero
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Deputado paranaense defende “Lei do Abate”, que permite à polícia atirar em quem porta fuzil

O deputado estadual Márcio Pauliki, do PDT de Ponta Grossa, resolveu defender publicamente um projeto polêmico, conhecido como “Lei do Abate”. A ideia é permitir que a polícia atire em pessoas que estejam portando armas como fuzis ou de calibre superior.

Hoje, pela lei brasileira, independente do tipo de arma, o policial só pode atirar se a pessoa mirar a arma contra alguém ou se estiver ameaçando a vida do policial ou de terceiros. O projeto do senador José Medeiros, do Podemos, muda isso.

“Fica presumida legítima defesa de terceiros ou da sociedade,quando policial matar bandido que portar fuzil ou outras armas de guerra,representando perigo iminente à integridade física das pessoas próximas”, diz o texto.

Pauliki, que é candidato a deputado federal neste ano, se pronunciou nas redes sociais depois do ataque de uma quadrilha a um comboio de carros-forte.

“Pode ser uma proposta polêmica mas não deixa de ser necessária em um país onde o cidadão de bem não pode portar arma mas a bandidagem está armada até os dentes ameaçando a segurança de todos nós e de nossas famílias”, disse o deputado.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

8 recomendacões para você