Paraná pode ter governador mais jovem, mais velho, primeira mulher ou primeiro "irmão" - Caixa Zero
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Paraná pode ter governador mais jovem, mais velho, primeira mulher ou primeiro “irmão”

Quem quer que vença a eleição para o governo do Paraná, caso os candidatos sejam mesmo os que estão postos até aqui, estabelecerá algum tipo de recorde, de novidade. O estado poderá ter seu governador mais jovem, ou o mais velho. Poderá ter a primeira governadora eleita. Ou pela primeira vez o irmão de um ex-governador chegando ao Palácio Iguaçu.

Mais jovem

Ratinho Jr. pode ser o governador mais jovem que o Paraná já elegeu. Caso ganhe a eleição no ano que vem, tomará posse com 36 anos de idade. Será alguns meses mais novo do que o atual detentor do recorde, Paulo Pimentel. Aliás, um político com quem Ratinho guarda algumas semelhanças.

Assim como Paulo Pimentel, Ratinho vem do interior, trabalha com comunicação e entrou na política jovem. Pimentel foi dono das emissoras do SBT no Paraná, que hoje pertencem aos Ratinho. E foi o último governador a se eleger no Paraná sem ter sido prefeito de Curitiba ou senador, em 1966. Era secretário do governo de Ney Braga – mesmo status que Ratinho teve na gestão de Beto Richa.

Mais velho

Por outro lado, o estado pode ter seu governador mais velho. Roberto Requião, caso eleito, chegaria ao poder aos 77 anos, com mandato até os 81. Também seria, no caso dele, a única vez em que um governador ganhou quatro eleições no estado. Requião já é o recordista, com três mandatos (com dois, vêm vários, entre os quais Beto Richa, Jaime Lerner, Ney Braga e Moysés Lupion).

Cida: primeira mulher?

Primeira mulher

Cida Borghetti poderá ser a primeira mulher eleita para o governo do Paraná. Caso Beto Richa renuncie para ser candidato, ela já assume o governo em abril, mas sendo eleita para vice. Cida foi a segunda governadora interina do estado.Antes dela, Emília Belinati, como vice de Jaime Lerner, assumiu várias vezes o governo, mas só por períodos curtos.

Alvaro e Osmar: finalmente juntos? Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Alvaro e Osmar. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Dois irmãos

Osmar Dias seria o primeiro caso de dois governadores irmãos eleitos. Alvaro Dias foi governador entre 1987 e 1991. Já houve casos de cunhados governando o estado (Affonso Camargo e Caetano Munhoz da Rocha); e de pai e filho (Caetano e Bento Munhoz da Rocha; José e Beto Richa). Irmãos, nunca.

Saiba mais: Podcast Pequeno Expediente fala tudo sobre a eleição paranaense

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.