Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Presidenciável, Alvaro Dias começava carreira na política há 50 anos. Veja fotos

Caso consiga mesmo viabilizar a sua candidatura à Presidência, o senador Alvaro Dias vai concorrer ao cargo mais alto do país justamente na época em que completará 50 anos de sua primeira eleição, para vereador. Alvaro foi eleito em 1968 e tomou posse no cargo em 1969.

Historiador de formação e radialista no dia a dia, em pouco tempo se cacifou e virou deputado estadual: nem chegou a completar o mandato de vereador. Em 1974 e 1978 foi o deputado federal mais votado do estado. E em 1982, numa eleição histórica, derrotou Ney Braga para o Senado.

Leia mais: Filha de Lerner será presidente do MON

Em 1987, virou governador com uma votação absurda, e depois, por não ter saído do cargo a tempo de se eleger senador, ficou sete anos sem mandato – parte dos quais como presidente da Telepar. Desde 1998, quando voltou ao Senado, não perdeu mais a cadeira. Mas fracassou em suas duas tentativas de voltar a ser governador.

Independente de conseguir ou não entrar na disputa nacional para valer, nesse meio século Alvaro fez história por aqui. Leia mais sobre a candidatura de Alvaro aqui. Veja algumas fotos da carreira do senador.

No começo da carreira, provavelmente no fim dos anos 60.

 

No dia do casamento com Debora, sua esposa até hoje.

Como senador, ao lado de José Richa, o governador da época, no início dos anos 1980.

 

Ao lado de seu futuro sucessor e atual desafeto, Roberto Requião.

Já septuagenário, ainda senador e na luta pela Presidência.

8 recomendacões para você