Blog Caixa Zero

Rumo à eleição: Bolsonaro é candidato dos mais ricos; Requião escondidinho

O homem da bolha 1
A pesquisa do Ibope divulgada nesta terça mostra que, no Paraná, Jair Bolsonaro (PSL), ao contrário do que se poderia imaginar, não é o candidato de gente de periferia cansada de ver violência à sua volta. Pelo contrário, é o candidato da bolha que teme ser furada.

O homem da bolha 2
Bolsonaro tem índices maiores entre eleitores com ensino superior (23%) do que entre pessoas que estudaram até a 4.ª série (13%). É mais votado entre quem ganha acima de cinco salários (27%) do que na faixa até um salário (9%). É candidato dos brancos (21%) mais do que dos negros (15%). E é mais forte em Curitiba (22%) do que na região metropolitana (14%).

Não tá ruim
Outra curiosidade do Ibope: não é a insatisfação que está guiando os paranaenses para candidaturas mais extremadas. Somando os eleitores que se disseram muito satisfeitos com sua vida atual (5%) e os de que disseram satisfeitos (65%), percebe-se que os insatisfeitos ou muito insatisfeitos são menos de um terço da população.

Leia mais: Ratinho passa de favorito a quase imbatível

Ele pode?
Há quem ainda acredite que Oriovisto Guimarães (Podemos) possa incomodar os líderes da corrida ao Senado. O candidato só tem 3% das intenções de voto, mas na pesquisa anterior tinha 1%. E injetou R$ 1 milhão na própria campanha. Além disso, tem estrutura de campanha e tempo de tevê de gente grande…

Sem palanque
Uma farpa: será que Beto Richa (PSDB) e Cida Borghetti (PP) insistirão na pequena farsa de colocar o ex-governador na tribuna de honra dos desfiles de Sete de Setembro? Ou depois do puxão de orelha do Ministério Público vão se lembrar que ele não tem mais cargo público?

Cadê o tio?
Tem coisa que é difícil entender: João Arruda (MDB) é sobrinho do sujeito que está com 43% das intenções de voto para o Senado. E no entanto até agora não usou o tio, Roberto Requião (MDB), na tevê. Dizem que tem medo da rejeição… Como um candidato de 6% pode ter medo da rejeição de outro com sete vezes mais votos?

DESEJOS PARA O PARANÁ: Diálogo e governabilidade

Nem triscou
A avaliação na campanha de Cida Borghetti (PP) é que o ataque de João Arruda ao governo Beto Richa e ao 29 de abril pegou mal para a atual governadora e nem triscou na popularidade de Ratinho Jr. (PSD).

Regressiva

Faltam 34 dias para o primeiro turno da eleição.

Faltam 119 dias para o fim dos governos de Michel Temer e Cida Borghetti

Metodologia

Pesquisa realizada pelo Ibope de 1º a 4/set/2018 com 1204 entrevistados (Paraná). Contratada por: REDE PARANAENSE DE COMUNICAÇÃO. Registro no TRE: PR-04985/2018. Margem de erro: 3 pontos percentuais. Confiança: 95%.

A pesquisa anterior citada foi realizada pelo Ibope de 16 a 22 de agosto com 1.008 entrevistados. A margem de erro é de 3 pontos, com intervalo de confiança de 95%. Registro no TRE número PR-04985/2018. A pesquisa foi contratada pela RPC. OBS: A pesquisa está sendo impugnada por duas representações eleitorais, ajuizadas por interessados diversos, segundo os quais a pesquisa não atendeu aos requisitos previstos na Resolução n. 23.459/TSE, especialmente quanto à insuficiente estratificação para o nível econômico dos eleitores respondentes.

8 recomendacões para você

 
 

mais comentadas da semana