Vereador que pediu prisão de Pabblo Vittar pode perder mandato, diz MP - Caixa Zero
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Vereador que pediu prisão de Pabblo Vittar pode perder mandato, diz MP

O Ministério Público mandou a Câmara de Ponta Grossa pensar se não é o caso de processar por quebra de decoro o vereador que afirmou que iria prender a cantora Pabblo Vittar caso ela andasse pelas ruas da cidade. Os vereadores receberam o documento do MP e disseram que devem analisar a situação.

Ezequiel Bueno disse em outubro que considerava um erro convidarem a drag queen para abrir a München Fest, mais tradicional festa da cidade. Disse que Ponta Grossa era uma cidade conservadora, e que se ela saísse às ruas mandaria prendê-la, mesmo deixando claro saber que isso era ilegal.

O DCE da Universidade Estadual de Ponta Grossa levou o caso ao Ministério Público. Como homofobia não é crime, os promotores chegaram à conclusão de que não se trata de caso para processo penal. Mas pode haver quebra de decoro. Ou seja: em tese, Ezequiel. que é pastor evangélico, poderia perder o mandato.

A propósito: o show da cantora aconteceu neste domingo. Encheu. E ninguém foi preso.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.