Blog De Brasília
0

Rossoni deixa Casa Civil em abril e volta para Brasília

Secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, ao lado do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). Foto: Orlando Kissner/Arquivo ANPr
Secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, ao lado do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). Foto: Orlando Kissner/Arquivo ANPr

O secretário-chefe da Casa Civil no governo do Paraná, o deputado federal licenciado Valdir Rossoni (PSDB), anunciou na noite de domingo (11) que voltará para a Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 7 de abril. O retorno tem ligação com as urnas do dia 7 de outubro. O tucano precisa se desincompatibilizar para concorrer à reeleição.

O anúncio foi feito durante “live” do Facebook, ferramenta bastante utilizada pelo secretário-chefe de Beto Richa (PSDB). “Minha primeira live em Brasília será na Praça dos Três Poderes”, avisou. “Fico triste em sair da Casa Civil porque nosso trabalho está a mil por hora”, completou.

Ex-deputado estadual, Rossoni foi eleito pela primeira vez a um mandato de deputado federal nas urnas de 2014. Mas, quase 15 meses depois de assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados, voltou para Curitiba, para um cargo no Palácio Iguaçu.

Rossoni não gostou da pouca autonomia dada a um parlamentar de primeiro mandato em Brasília. “Aqui as lideranças só te comunicam como você deve votar”, admitiu outrora o tucano que, no Paraná, está acostumado a holofotes.

Na “live” de domingo, Rossoni voltou a falar que não gosta de Brasília, mas culpou o terno e a gravata: “Eu não gosto de Brasília porque não gosto de usar terno e gravata. Caipira é assim”.

Rossoni deve voltar para a Câmara dos Deputados junto com o atual ministro da Saúde, o também deputado federal licenciado Ricardo Barros (PP). Com a chegada da dupla, dois suplentes hoje em exercício saem de Brasília: Reinhold Stephanes (PSD) e Nelson Padovani (PSDB).

8 recomendacões para você