Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Educação e Mídia

O papel da escola na educação para a saúde e a alimentação

Aprender a se alimentar de forma equilibrada deve ser tema discutido na escola. Muitas doenças comuns nos dias de hoje e as que mais matam estão relacionadas ao hábito alimentar inadequado. Ter acesso à educação nutricional de qualidade pode mudar esta realidade.

 

NUTRIÇÃO SAUDÁVEL

Nutrição saudável é comer de forma equilibrada comida natural, aquela menos industrializada possível. Alimentos processados possuem baixa qualidade nutricional e são carregados de substâncias tóxicas.

 

Alimentação saudável deve contemplar qualidade nas escolhas alimentares (teor de nutrientes, nível de toxinas), deve ser variada (alimentos diferentes = nutrientes e compostos bioativos diferentes) e equilibrada na combinação de todos os ingredientes, adequados à faixa etária.

 

Bebês, crianças, adolescentes, adultos, gestantes e idosos possuem necessidades nutricionais e dietéticas distintas.

 

RELAÇÃO ESCOLA-FAMÍLIA

A escola vem se adaptando a todas as necessidades de forma flexível. Temos orientado os pais de forma individual e coletiva por meio de cartilhas, palestras, e conversas.

 

A relação escola-família precisa ser de diálogo e cooperação. Cada família tem seus hábitos e hoje temos alunos que seguem dietas restritivas por condições de saúde e religião. E temos outras que seguem com rigor as regras de alimentação saudável.

 

EDUCAÇÃO PARA A ALIMENTAÇÃO

Há 8 anos as aulas de culinária são adotadas de forma regular no currículo do Colégio Sion. E as receitas são mais saudáveis.

 

Não é regra, mas procuramos preparar pratos com menos açúcar, utilizando farinhas integrais e receitas diferentes utilizando frutas e vegetais como base.

 

Os alunos ficam desconfiados com alguns dos pratos propostos para serem feitos nas aulas,  mas provam e muitas vezes gostam. O objetivo final não é provar ou gostar, mas conhecer os alimentos, suas transformações e possibilidades de consumo.

 

Todas as receitas preparadas no ano vão para um livro que é editado todos os anos, e já se tornou tradição no Sion Curitiba. A ideia é que as crianças reproduzam em casa, com a família, as suas receitas preferidas!

 

*Artigo escrito pela nutricionista Elisangela Cembrani, do Colégio Sion Curitiba. O Colégio Sion colabora voluntariamente com o Instituto GRPCOM no blog Educação e Mídia.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom, Twitter: @InstitutoGRPCOM e Instagram: instagram.com/institutogrpcom