Apps de anotações para 2018 - Bia Kunze – Garota sem Fio
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Bia Kunze – Garota sem Fio

Apps de anotações para 2018

Eis a categoria onde mais fervilham aplicativos de produtividade: as anotações. Minha lista de selecionados é bem enxuta, mas vale a pena percorrer a App Store e a Google Play caso você goste de testar novidades. Para facilitar sua escolha, criei 3 grupos de acordo com os estilos de uso mais comuns.

Antes de partirmos para as listas, é preciso alguns cuidados:

1. JAMAIS use aplicativos de anotações para guardar senhas ou informações financeiras. Há soluções apropriadas para isso, como o 1Password e o LastPass.
2. Use sempre aplicativos que sincronizem em nuvem, para ter backup de tudo. Pode ser nuvem própria, como o Evernote, ou aplicativos que usem Google Drive, iCloud, Dropbox, OneDrive e outros. Certifique-se que esses backups sejam sistemáticos.
3. Se você possui canetas digitais, como a S Pen de alguns Samsungs ou a Apple Pencil, priorize-as na hora de fazer anotações. Faz bem para seu cérebro.

Dito isso, vamos à minha seleção de apps de anotações para 2018 categorizada por perfis de uso…

Simples e prático

O Google Keep não exige muito aprendizado. Ele cria notas simples de texto, manuscritas, com imagem, áudio ou listas com checkboxes. E as organiza em formato de cards para melhor visualização, com opção de alarme sonoro. Quando você não precisar mais de algumas delas, arquive-as. Elas sairão de sua vista mas não serão deletadas, podendo ser recuperadas sempre que se desejar. Tudo fica sincronizado com a nuvem do Google. Além de Android, funciona também em iPhone.

Sofisticados e versáteis

Evernote. Já falei tantas vezes do Evernote que não quero ser redundante. Eu o uso para tudo, é uma extensão do meu cérebro. Adoro o fato de ser multiplataforma e acessível até via navegador web. Capturo coisas da web, salvo emails, rascunho posts, faço listas, organizo meu material de trabalho e de estudo, gerencio meus pacientes, organizo minhas contas pagas e comprovantes, salvo artigos em PDF, tweets favoritos, e sugestões de leitores, capturo placas, bilhetes e páginas de livros e cadernos com o scanner fotográfico e muito, muito mais. E compartilho tudo com quem eu desejar. Atualmente tenho quase 9000 notas, acumuladas em pouco mais de 10 anos de uso.

OneNote. Sou entusiasta do Evernote, mas muita gente me pergunta se já usei alguma vez a solução da Microsoft, o OneNote. Sim, há mais de uma década, e eu o achava bem ruim. Obviamente as coisas melhoraram bastante. No final do ano passado, explorei-o um pouco melhor e o usei para algumas disciplinas que estudei. Comparado ao Evernote, o sincronismo é mais lento e o aplicativo tende a ficar muito pesado com o tempo. Mas em uma coisa ele dá surra no elefantinho: o suporte a ink, ou seja, as anotações com caneta. Mais do que isso: o suporte simultâneo a coisas digitais, escritas à mão, imagens e PDFs em um único ambiente é muito amigável.

Se você quer um aplicativo para “guardar a vida dentro”, com armazenamento infinito e compatibilidade com várias ferramentas de terceiros para capturas, use o Evernote. Se você quer um organizador para sua vida acadêmica, ou seja, um único lugar para colocar suas anotações, trabalhos, slides de aulas, material de consulta e leitura em PDF, vá de OneNote. Ambos estão disponíveis para Android, iOS, Windows e Mac.

Para estudantes

Há diversas opções que permitem simultaneamente digitar ou escrever, além de gravar sons, inserir imagens e anexar PDFs e anotar neles. O OneNote é uma das opções acima mencionadas. Porém há algumas soluções dedicadas que podem ser bem mais interessanrtes. Os melhores apps para iOS são o GoodNotes e o Notability. Para Android, minha escolha é o Squid. Para quem usa iPad e Evernote, a dica é o Penultimate.

escrevi aqui sobre escrita com canetas digitais. Como disse antes, são excelentes para o cérebro — e no caso de estudantes, trazem um diferencial imenso no rendimento comprarado à digitação. Vale muito investir em um tablet com caneta. Caso seu orçamento esteja apertado, escreva em papel e escaneie com a câmera de seu celular para o Evernote. Em breve explicarei bem detalhadamente como fazê-lo de forma ordenada.