Na Presidência, deve dar esquerda ou direita, mas nos Estados e no Congresso, só vai dar Centrão - Ricardo Amorim
Blog Ricardo Amorim

Na Presidência, deve dar esquerda ou direita, mas nos Estados e no Congresso, só vai dar Centrão


O Brasil está vivendo um fenômeno muito interessante. Enquanto na eleição presidencial há uma clara polarização entre esquerda e direita — Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) lideram com folga grande –, o que provavelmente vai acontecer nas eleições dos estados, para governadores, e para o Congresso é exatamente o contrário: o Centrão vai levar quase tudo. Nas eleições para governadores, MDB, PSDB, PSB e DEM praticamente levam todos os estados. O PT pode ganhar a disputa em três estados, o PSL apenas em um. O Congresso, provavelmente, também só vai dar centrão. Um desafio para o próximo presidente, seja ele quem for, é que ele terá de governar com o centrão — sem eles, não passa nada na pauta do Congresso. Isso é interessante porque as expectativas dos eleitores tanto de Bolsonaro quanto de Haddad são exatamente o contrário. Ou eles não conseguem governar ou se juntam ao centrão. E a alternativa que resta é um governo extremamente autoritário, e a tentação pode ser grande porque vamos ter um país extremamente rachado.

8 recomendacões para você