Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Jovens apostam em consórcio para criar patrimônio e uma carteira de investimentos
| Foto: Divulgação
  • Por Consórcio Servopa
  • 05/02/2020 00:01

Para se alcançar uma vida confortável ao longo do tempo, é preciso planejamento financeiro. Por isso é fundamental criar patrimônio ainda jovem. E uma boa forma para isto é recorrer ao sistema de consórcios, uma modalidade de compra de créditos para aquisição programada de imóveis, automóveis e motocicletas, bem como aplicação em construções e reformas.

O consórcio é uma ótima saída para o jovem investidor, já que através deste sistema é possível adquirir crédito a longo prazo, pagando somente a taxa de administração, que normalmente pode ser diluída nas parcelas mensais, representando um baixo impacto.

Essa tendência de padrão de consumo do público jovem foi notada pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios(ABAC). Em maio deste ano a instituição publicou um estudo que encomendou à Quorum Brasil, para conhecer o que os jovens entre 18 e 34 anos pensam sobre investimentos, especialmente a respeito do consórcio.

Neste detalhamento, a associação mostrou que 49% dos mais de 1,6 mil entrevistados revelaram ter interesse em adquirir um consórcio e encaram a modalidade como o segundo investimento mais popular, ficando apenas atrás da poupança e empatando com o mercado de ações (Bolsa de Valores).  A mesma pesquisa também apontou que 91% dos entrevistados investiriam nesta modalidade para adquirir um imóvel, 88% para comprar um carro e 36% para ter uma moto.

“O ideal é sempre guardar o dinheiro para efetivar compras à vista, mas como leva um tempo para se guardar quantias relevantes, a tendência é gastar em coisas supérfluas, antes de se atingir o objetivo”, comenta o controller do Consórcio Servopa, Marcos Celestino. “Aí é que entra o consórcio. Você vai pagando mês a mês, consegue comprar o bem que deseja e vai construindo seu patrimônio, muitas vezes antes do que se espera pela contemplação por lance ou sorteio. Esta é sem dúvidas a melhor opção de se programar o crescimento patrimonial”, explica.

Para o profissional, o momento de se investir em consórcios não poderia estar melhor. “Com a estabilidade monetária e atual expectativa de crescimento da economia, o consórcio é uma excelente alternativa para os jovens”, comenta Celestino. “Os investimentos seguros no mercado financeiro estão oferecendo uma limitada remuneração ao capital investido e com o investimento planejado via consórcio é possível adquirir um bem que venha a gerar relevantes ganhos”, exemplifica.

Como o investimento em consórcios costuma ser de médio/longo prazo, é fundamental optar por uma administradora consolidada, verificando seu histórico e sua solidez.  É o caso do Consórcio Servopa, empresa paranaense, fundada em 1966 e que já contemplou mais de 250 mil cartas de créditos. O Consórcio Servopa também está entre as 10 maiores administradoras de consórcios independente do Brasil, segundo o ranking do Banco Central do Brasil.

“O nosso desafio é comunicar bem com o público jovem, e fortalecer o entendimento que somos o negócio certo e a empresa certa para ele planejar seu futuro, por isso hoje migramos para uma estrutura de processos modernos e eficientes, ampliando nossas plataformas digitais e de relacionamento”, arremata.