Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Intersept comemora 21 anos oferecendo tecnologia e atendimento mais humano
| Foto: Divulgação
  • Por Intersept
  • 11/08/2020 12:21

O furacão Bret atingia o Texas. O dólar chegava a R$ 1,90. O Brasil tirava Cuba da final do Grand Prix de vôlei feminino. Foi neste cenário, no dia 23 de agosto de 1999, que a Intersept, empresa de segurança, serviços terceirizados e rastreamento, abria suas portas. Passados 21 anos, ela é uma das maiores empresas do setor com 4.800 funcionários e atendendo nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Ceará.

Inicialmente, a empresa atuava em duas frentes: a terceirização de serviços e a locação de caçambas – atividade que foi extinta alguns anos depois. E no início, como toda pequena empresa que surge, o proprietário Fernando Henrique Ribas fazia de tudo, até mesmo as rondas e cobertura de postos. Em 2006 foi dado o primeiro grande passo para o crescimento: a entrada no segmento de vigilância armada, serviço que tem autorização dada pela Polícia Federal e é revisto anualmente.

Um passo a frente

Hoje a Intersept atende empresas, comércio, condomínios e pessoas físicas, prestando serviços de vigilância armada, atendimento tático, monitoramento de alarmes, rastreamento de veículos, limpeza e conservação, jardinagem e paisagismo, monitoramento de câmeras, recepção e apoio administrativo.

A empresa sempre se destacou por estar um passo a frente possuindo diferenciais em todos os segmentos em que atua, sempre agregando tecnologia em todos os serviços prestados. Para oferecer o monitoramento a um maior número de pessoas, a Intersept lançou a solução de automonitoramento Bairro Seguro. Fernando Ribas explica que a uma mensalidade de cerca de R$ 29,90 (enquanto o monitoramento comum custa em torno de R$ 200), a pessoa baixa o aplicativo e se receber a indicação de alarme disparado em sua casa ou comércio, tem acesso às câmeras e pode acionar o tático móvel. Ela ainda pode monitorar a ação do tático pelas mesmas câmeras. “A gente chama de “Uber” da segurança”, brinca Ribas.

No setor de condomínios há cerca de dois anos e meio, a Intersept passou a oferecer a portaria externa. “Chamamos de externa porque ela não é virtual, mas existe e é monitorada da empresa”, explica. Tais serviços foram desenvolvidos em substituição da portaria física, trazendo aos condomínios ganhos com elevação dos níveis de segurança e controle de acesso, uma vez que realiza o controle da movimentação de dentro e fora do condomínio 24 horas por dia e sete dias por semana, com cordialidade e boas práticas relacionadas ao atendimento a moradores e visitantes, além disso, propicia redução da taxa condominial e eficiência no investimento com segurança.

Outro destaque importante, especialmente no momento vivido em virtude da COVID-19, é a tecnologia de monitoramento sem fio ofertada pela empresa. Através das vendas expressas, os clientes recebem em casa um kit de segurança sem fio, os equipamentos são facilmente instalados, dispensando obras e gastos desnecessários com cabeamento e até mesmo técnicos instaladores, explica Fernando. Entretanto, caso seja da preferência do cliente, um funcionário da Intersept pode fazer a instalação respeitando todas as normas de higiene e segurança frente à pandemia.

Diante dessa tecnologia, você pode estar se perguntando: e aquelas cercas elétricas ainda funcionam? Fernando explica que sim e ainda melhor. Ele diz que atualmente elas dispõem de elementos que, diante de uma tentativa de invasão, acionam a empresa de vigilância – além de inibir a invasão. É importante ressaltar que a empresa de monitoramento não age somente quando há uma invasão, mas graças à tecnologia e à experiência, elas podem se antecipar a isso através do acompanhamento do imóvel ou pelo pedido do morador ou proprietário que percebe algo errado.

Isso é Intersept! Um dos segredos do sucesso e de se manter tanto tempo no mercado é aliar tecnologia, experiência e atendimento humano.

Saiba mais sobre a empresa no site www.intersept.com.br