Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Durante as consultas, priorize clínica e equipe médica especializada em Alzheimer e outras doenças mentais.
Durante as consultas, priorize clínica e equipe médica especializada em Alzheimer e outras doenças mentais.| Foto: Shutterstock
  • Por Primamed
  • 11/04/2022 14:12

A doença de Alzheimer se manifesta, geralmente, em pessoas com mais de 60 anos. Segundo a Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz), no Brasil, cerca de 1,2 milhão de idosos convivem com a enfermidade.

Embora irreversível, o diagnóstico precoce tende a atrasar a progressão dos sintomas, aumentando assim a qualidade de vida dos pacientes.

Nos tópicos a seguir, nós explicamos como cada um desses exames funciona e de que maneira eles contribuem para o tratamento.

Como os exames de imagem ajudam a diagnosticar Alzheimer

Geralmente, o primeiro sintoma do Alzheimer é a perda da memória recente.

De súbito, fica difícil lembrar onde está a chave ou onde estacionou o carro. Aos poucos, essa perda de memória avança e se torna mais preocupante: a pessoa esquece nomes, datas, acontecimentos e períodos inteiros do seu dia.

Tais características tornam o Alzheimer uma doença que costuma ser diagnosticada tardiamente, quando a pessoa já apresenta um quadro avançado.

Por isso, para fazer o diagnóstico da doença logo no início, o histórico do paciente é avaliado. No momento em que se forma a suspeita clínica de Alzheimer, o médico especialista solicitará alguns testes e exames para prosseguir com o tratamento.

Isso porque o diagnóstico precoce do Alzheimer, aliado ao tratamento, alivia os sintomas e possibilita melhor qualidade de vida para o paciente.

É importante frisar que, diferentemente de outras enfermidades, não há um teste definitivo para diagnosticar o Alzheimer.

Portanto, todos os exames solicitados servem para excluir outras doenças que causam sintomas semelhantes, como derrames, hematomas derivados de traumatismo craniano ou tumores cerebrais.

Em decorrência disso, para que não haja dúvidas acerca do que pode estar causando esse quadro clínico, o médico costuma solicitar tomografias e ressonâncias magnéticas ao paciente.

Tomografia computadorizada: o que é e como funciona

A tomografia computadorizada é um exame em que é possível registrar imagens de diferentes ângulos do corpo, gerando uma imagem tridimensional dos órgãos.Funciona por meio da junção de equipamentos de raio-x e computadores capazes de registrar em alta definição as imagens que se pretende analisar.

Dentre as doenças diagnosticadas por meio de uma tomografia, destacam-se: tumores, acidentes vasculares cerebrais (AVC), hemorragia, embolia pulmonar, edema cerebral, derrame pleural e fraturas, entre outros.

Ressonância magnética: o que é e como funciona

Diferente da tomografia, que utiliza radiação, as ressonâncias magnéticas funcionam por meio de ondas de rádio que produzem imagens tridimensionais em alta definição do órgão analisado.

As imagens são capazes de mostrar alterações de volume em determinadas áreas do cérebro, além de permitir observar padrões de perda de tecidos do cérebro.

Tais análises são importantes para a avaliação de quadros demenciais ou outras doenças neurológicas, ao compasso que também descartam tumores, AVC e derrames.

Como garantir a segurança na hora da realização dos exames

Como reforçado anteriormente, o Alzheimer é uma doença que afeta o cérebro de maneira progressiva e irreversível. Porém, além de impactar a memória e o raciocínio, nos estágios mais avançados também há um comprometimento das funções motoras.

Dessa forma, andar, falar ou engolir se tornam atividades difíceis. Aos poucos a pessoa perde a compreensão do que ocorre em seu entorno e passa a necessitar de cuidados constantes e atenção redobrada.

Logo, os impactados pela doença não são apenas os pacientes, mas também familiares e amigos. Por isso, é comum que os responsáveis coloquem como prioridade que o paciente esteja seguro e confortável durante a realização de todos os exames.

A Primamed Radiologia e Diagnóstico por Imagem, clínica especializada em exames de imagem, reconhece que a busca pelo diagnóstico é um momento delicado para pacientes e familiares.

Por isso, prioriza o atendimento humanizado e oferece toda a estrutura para que seus clientes se sintam acolhidos nas dependências da clínica.

Neste aspecto, sempre oferece a possibilidade de realizar os exames de imagem com sedação, visto que a agitação dos pacientes pode tornar o momento ainda mais difícil — além de prejudicar a qualidade das imagens.

Outro ponto importante é a equipe clínica. Na Primamed, há total liberdade e abertura para que neurologistas conversem com o corpo clínico de  médicos radiologistas e debatam sobre os exames realizados.

Precisando realizar uma tomografia ou uma ressonância para ajudar com o diagnóstico do Alzheimer?

Clique aqui e agende seu exame pelo WhatsApp da Primamed.

Primamed

Diretora Clínica: Dra. Flávia Orizzi de Souza Sandrin - CRM/PR: 27.862

Diretor Técnico: Dr. Lucas Azevedo Lopes de Andrade - CRM/PR: 35.637