Com a valorização do mercado plus size, as mulheres podem usar o que quiserem.
Com a valorização do mercado plus size, as mulheres podem usar o que quiserem.| Foto: Kaylah Yarck
  • Por Tita Boutique
  • 08/02/2021 13:32

Foi a marca norte-americana Lane Bryant que usou pela primeira vez, nadécada de 1920, o termo plus size. Ele foi designado para caracterizar uma moda destinada às mulheres com curvas mais acentuadas, que normalmente vestiam acima de 44 ou 46.

Porém, por muito tempo elas tiveram dificuldades de encontrar a roupa que queriam e tinham que recorrer as suas modistas. Foi com o prêt à porter, a quebra de padrões e a valorização do corpo como ele é que elas passaram a ser ouvidas e terem acesso às roupas que seguem as tendências da moda.

A jornalista e modelo plus size Marina Salmazo, que veste os tamanhos 44 ou 46 (e está nas fotos desta matéria), vivenciou isso. “A minha maior dificuldade é encontrar roupas do meu tamanho. Porque geralmente as marcas trabalham até o 44, mas em uma modelagem pequena. Fica muito justo. Eu gosto, por exemplo, de calça alfaiataria mais soltinha”, diz.

Combine a calça mais soltinha com uma terceira peça. Neste caso um colete. Invista em brincos longos também.
Combine a calça mais soltinha com uma terceira peça. Neste caso um colete. Invista em brincos longos também.| Kaylah Yarck

Ela lembra que há lojas e marcas que valorizam as mulheres plus size, como a Tita Boutique. “É uma loja que pensa o público do tamanho 36 até 52. Eu acho que moda é isso”, ressalta.

Assim como há marcas e lojas valorizando este mercado, também há mitos a serem quebrados, pois são muitas mulheres que se encaixam neste perfil. A Tita Boutique desvendou alguns desses mitos!

Vista o tamanho certo. Parece estranho falar isso, mas muita gente veste tamanhos maiores para esconder o corpo. O ideal é que as peças estejam bem alinhadas, nem maior e nem menor. Peças ajustadas valorizam as curvas, que são os pontos fortes do corpo. Tem cintura fina? Marque-a levemente com um cinto. Quer diminuir o quadril? Trabalhe com uma terceira peça, como um colete.

Marina ainda sugere usar o que faz se sentir bem e sem preconceitos. “Não vou provar isso porque não fica bem com o meu biotipo. Você pode ser ousada e provar. Por exemplo, dizem que a pantacourt achata. Mas, use com sapato nude, que alonga a silhueta. Mostre as extremidades do corpo, como o colo, pulso, tornozelo. Partes que valorizam a silhueta feminina”, afirma.

Cores e estampas

Sem medo do branco. Procure acinturar e corpo e investir em um colete. Sandálias que mostrem o peito do pé também alongam.
Sem medo do branco. Procure acinturar e corpo e investir em um colete. Sandálias que mostrem o peito do pé também alongam.| Kaylah Yarck

Não tenha mais receio de roupa branca. Você pode usá-la e incluir alguns truques. Abuse de tecidos planos que não marcam demais e use um decote para alongar. Acinturar o corpo e usar uma terceira peça como curinga deixa o look mais elegante e moderno.

Quando for usar estampas, faça combinações com cores básicas ou que estejam na peça.
Quando for usar estampas, faça combinações com cores básicas ou que estejam na peça.| Kaylah Yarck

É mito que determinada estampa engorda. Porém, dependendo de como é usada, pode gerar uma alteração visual. As grandes estão liberadas sim. Quer vestir uma calça estampada? Apenas fuja dos modelos muito justos e que marcam as imperfeições. Aposte em combinações com blusas da mesma estampa ou com cores básicas (bege, branco, preto) para fazer o contraste.

Valorize o que você tem de melhor sem ficar com medo das estampas. Neste caso, foi a cintura fina.
Valorize o que você tem de melhor sem ficar com medo das estampas. Neste caso, foi a cintura fina.| Kaylah Yarck

E as listras? Pode usar, mas entenda que não são toda as padronagens de listras que vão bem com todas as pessoas. Procure a que mais fica adequada para você se sentir bem -- ela pode alongar se bem usada.

As modelagens

Use e abuse do vestido envelope. Ele tem detalhes que enaltecem a beleza feminina.
Use e abuse do vestido envelope. Ele tem detalhes que enaltecem a beleza feminina.| Kaylah Yarck

Aposte no vestido envelope. É democrático, clássico e versátil. Valoriza o corpo com o recorte adequado. É uma mistura de detalhes que dão certo: o decote alonga, a demarcação na linha da cintura deixa afinado, a saia disfarça o quadril e quando tem listra diagonal, alonga as pernas.

Esqueça o mito de que mulheres com curvas não podem usar pantacourt.  Você pode usar o que quiser. A dica é apenas privilegiar as que tiverem o cós mais alto porque alonga as pernas visualmente. Dê preferência às rasteiras ou às sandálias que mostrem o peito do pé, pois também ajudam a alongar. Outras dicas: invista no look monocromático e abuse dos acessórios, como brincos longos.

Todas as mulheres podem e devem ter um vestido tubinho no armário. Esqueça o preto e invista nas cores, como o azul marinho.
Todas as mulheres podem e devem ter um vestido tubinho no armário. Esqueça o preto e invista nas cores, como o azul marinho.| Kaylah Yarck

O vestido tubinho. Todas as mulheres devem ter um! Use com salto e blazer ou com tênis e uma jaqueta jeans. Vá além do preto e aposte em cores como azul marinho, cinza, bege e branco.

Opções plus size podem ser encontradas na Tita Boutique, que completa 30 anos em 2021. A loja oferece serviços que vão além da venda, como a montagem de looks feita por profissionais especializados e todo o suporte na hora de escolher as melhores opções, com ajustes feitos na própria loja, sem custos. A curadoria das peças também é bastante apurada e garante a exclusividade para as clientes.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]