Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Carnaval paranaense

Chuva não espanta foliões e milhares correm atrás da Caiobanda, no Litoral do PR

  • Matinhos
  • Angieli Maros
Fadas, bailarinas e até índios: multidão fantasiada corre atrás do trio elétrico | Letícia AkemiGazeta do Povo
Fadas, bailarinas e até índios: multidão fantasiada corre atrás do trio elétrico Letícia AkemiGazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Festa de carnaval mais tradicional de Matinhos, no Litoral, a Caiobanda reuniu 150 mil pessoas na noite deste domingo (11). A estimativa é da Polícia Militar. Abaixo de chuva, os trios Avassalador e Tremendão arrastaram pela Avenida Atlântica um público menor do que no sábado – quando 200 mil saíram às ruas –, mas nem por isso menos animado.

LEIA TAMBÉM: Em Curitiba, escola “ecológica”é campeã do Grupo de Acesso do carnaval

Desde o início da apresentação, por volta das 21h, fantasiados se espalhavam aos montes pela orla de Caiobá. Fadas, unicórnios, palhaços e até mesmo índios – cuja caracterização levantou discussões polêmicas neste carnaval em todo o país – dançavam o axé emanado em ritmo acelerado de cima dos caminhões. E a chuva foi só um detalhe. 

“Todo ano a gente vem passar o carnaval aqui porque as crianças são apaixonadas. Hoje mesmo a gente nem iria vir porque estava chovendo, mas eles ... não teve jeito”, comentou Rubiana Costa, 30, cabeleireira de Faxinal, no Norte do Paraná. Além do filho, ela trouxe para a festa o primo de 9 anos que mora nos Estados Unidos e veio passar uma temporada no Brasil. “Ele sempre quis conhecer como era o carnaval aqui porque a gente fala bastante. E, olha, acho que está gostando”, disse. 

Camarotes improvisados e animação com a chuva

Durante a passagem dos trios, muitas das sacadas dos prédios que costeiam a avenida foram transformadas em camarotes. Mas era do chão, transformado em um grande lamaçal, que vinham os gritos mais animados. “Está muito divertido, dá para aproveitar cada minuto. Com a chuva tem aquela frescura do cabelo, né, mas a festa está valendo demais”, afirmou a pedagoga Fernanda Smanhotto, 21, que desceu de Curitiba para curtir os festejos de Matinhos pela quarta vez seguida.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/02/12/Curitiba/Imagens/Cortadas/Lorenna Túllio-ID000002-1200x800@GP-Web.jpeg
Lorenna Túllio: família se dividiu em três casas, na praiaLetícia AkemiGazeta do Povo

Próxima ao grupo de Fernanda, a miss plus size do Paraná, Lorena Tullio, também se divertia atenta ao cabelo e à maquiagem. Ela e a família vieram de Piraí do Sul, nos Campos Gerais para ocupar três apartamentos da cidade durante o feriado. “Adoro o carnaval de Matinhos. Sempre venho para cá porque é muito divertido. E, depois, tem que aproveitar esse nosso litoral que não deixa nada a desejar”, disse. 

Nesta segunda-feira (12), os trios elétricos voltam para nova apresentação na orla de Caiobá. Em Guaratuba, o dia é da tradicional Guaratumbanda, que começa seu show a partir das 16h.

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE