i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
14.ª Edição

Bienal de Curitiba deve atrair 1 milhão de pessoas até março de 2020

  • PorGilson Garrett Jr.
  • 16/09/2019 18:57
Bienal de Curitiba vai estar em 1395 pontos de Curitiba até março de 2020.
Bienal de Curitiba vai estar em 1395 pontos de Curitiba até março de 2020.| Foto: Braian Boguszewski / Divulgação

A partir deste sábado (21) Curitiba vai se transformar. Museus, galerias, espaços culturais, ruas e até terminais de ônibus serão tomados por obras de arte até o dia 1.º de março de 2020. A 14.ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba vai reunir obras e instalações de mais de 400 artistas de 45 países em 1395 pontos da cidade. A expectativa é de que pelo menos 1 milhão de pessoas circulem pelos espaços de exposição. O tema principal desta edição é “Fronteiras em Aberto”.

Luiz Ernesto Meyer Pereira, diretor geral da Bienal de Curitiba, explica que o tema pode ser traduzido pela falta de fronteira que a arte tem. “Seja pela técnica ou pela poética, sempre de alguma forma a arte está ultrapassando uma fronteira”, diz.

O grande ponto de encontro da Bienal vai ser o Museu Oscar Niemeyer com dez salas dedicadas à mostra, inclusive a Sala do Olho. A Bienal também vai tomar conta do Museu Paranaense, Solar do Barão, Biblioteca Pública do Paraná, além de espaços como igrejas e 22 terminais do transporte coletivo de Curitiba. A programação completa vai estar disponível em breve no site oficial.

Apesar da abertura oficial ser no sábado à tarde, a Bienal de Curitiba começa na quarta-feira (18) com a Noite das Galerias, com exposições nas principais galerias de arte de Curitiba. A exposição vai até a quinta-feira (19). No sábado à noite ainda vai ter uma festa oficial a partir das 20 horas na Ópera de Arame. Quem comanda abertura é o Paradis com a festa Só o Soul Salva. Os ingressos custam R$ 25 e são vendidos pela plataforma Sympla.

Como a Bienal de Curitiba tem por objetivo dar visibilidade à arte e espaços artísticos da cidade, as exposições não ficam restritas à capital paranaense. Nesta 14.ª edição o evento desembarca também em Ponta Grossa, Guarapuava, Cascavel, Foz do Iguaçu, Maringá e Londrina. Fora do Paraná chega a Brasília e Florianópolis. Vai ainda para fora do país com exposições no Uruguai, Argentina, Chile, Paraguai, Suíça e França.

Curadoria

Um dos destaques desta edição é a curadoria da programação. Adolfo Montejo Navas (Espanha/Brasil) e Tereza de Arruda (Brasil/Alemanha) assinam o conceito curatorial. Com a realização de uma série de circuitos e diferentes sedes, a Bienal conta com o criterioso trabalho de um grupo de curadores internacionais convidados para a programação de arte contemporânea, algo inédito até então.

SERVIÇO

Quando: de 21 de setembro de 2019 a 1.º de março de 2020
Onde: 1395 pontos de Curitiba
Programação: em breve no site da Bienal de Curitiba

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.