Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

trânsito

Obras na trincheira na Linha Verde Norte estão paradas e revoltam moradores

Segundo moradores, trabalhos na trincheira entre o Bairro Alto e Bacacheri estão parados há mais de um mês

  • Lucas Sarzi, Tribuna do Paraná
 | Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Uma das maiores dores de cabeça do trânsito de Curitiba, as obras da Linha Verde Norte colecionam reclamações, sobretudo entre o Bairro Alto e o Bacacheri. E, ainda que os trabalhos tenham avançado no trecho principal da BR-476, outros pontos estão completamente parados. É o caso da trincheira da Rua Fúlvio José Alice, que deveria ter sido concluída no fim de 2017, mas que ainda gerando muita incerteza e revolta nos moradores da região. E, mais do que atrasada, a obra está parada há quase um mês e os vizinhos duvidam que ela seja concluída em 2018.

O aposentado Hugo Werneck, de 67 anos, diz não entender o motivo de o trabalho ter sido paralisado. “Já faz três semanas que ninguém mais mexe na obra. E, enquanto a obra fica parada, o prazo para a entrega vai se aproximando”, desabafa. “Com certeza, mais uma vez, a prefeitura vai estender isso”.

E ele não é o único a reclamar da atual condição da trincheira. Outros moradores reclamaram do não andamento dos serviços, apontando que não se trata de um problema recente, mas de algo que há anos vem se repetindo. E, embora os trabalhos tenham avançado nos últimos meses, o atual cenário é mais uma vez de máquinas paradas e nenhuma explicação do porquê disso.

A expectativa de quem mora na região é que, com o término da construção, a trincheira facilite o trânsito entre os dois bairros, eliminando o sinaleiro que sobrou e que ainda causa congestionamentos. O problema é que, pelo que é possível ver, não há menor previsão de quando isso vai acontecer.

Segundo a prefeitura de Curitiba, as obras da Linha Verde na trincheira que liga as ruas Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, e Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, seguem normalmente, mas não entrou em detalhes sobre a previsão de entrega.

“Na etapa atual, estão sendo feitos ensaios (testes) com o tirante, estrutura que vai ser introduzida nas paredes de contenção para dar início às escavações”, explicou a prefeitura, reforçando que além da escavação da trincheira também faz parte do conjunto de obras outros serviços ao redor das duas ruas, como as alças de acesso e a capa asfáltica de vias próximas.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE