Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

embaixo d’água

Vândalos jogam carro da prefeitura de Campo Largo na piscina

Prefeitura desconfia que menores invadiram ginásio e cometeram o vandalismo

  • Durval Ramos
Prefeitura teve de recorrer a um guincho para tirar o carro da pisina. | Prefeitura de Camo Largo
Prefeitura teve de recorrer a um guincho para tirar o carro da pisina. Prefeitura de Camo Largo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um carro da prefeitura de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) foi jogado dentro de uma piscina na noite da última segunda-feira (4). A ação dos vândalos aconteceu na Vila Olímpica Antônio Lacerda Braga, na região central da cidade. O veículo foi retirado na manhã desta terça-feira (5).

Vídeo - assista ao momento em que os vândalos jogam o carro na piscina

De acordo com o secretário adjunto de comunicação, Luís Augusto Cabral, imagens registradas pelo sistema de segurança do local mostram que foram quatro menores que invadiram o espaço e jogaram o veículo na piscina. No entanto, mesmo com as gravações, ainda não foi possível identificar os autores da depredação. 

Leia também - Após assalto, homem é baleado pela PM e morre em estação-tubo no Batel

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/12/05/Curitiba/Imagens/Cortadas/Carro campo largo-kwXE-U202767463747yrD-1024x576@GP-Web.jpg
Veículo foi jogado na piscina durante a noite de segunda-feira (4)Reprodução/Prefeitura de Campo Largo

A ocorrência foi registrada por volta das 21h30 desta segunda-feira. A prefeitura ainda não fechou o prejuízo, mas estima que seja de aproximadamente R$ 25 mil: R$ 20 mil do carro, mais R$ 3 mil da retirada do veículo da piscina e R$ 2 mil de estragos na piscina. O município registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Esta não é a primeira vez que a Vila Olímpica é invadida nos últimos dias. “Na última sexta (1º.) à tarde, um grupo de menores invadiu para tomar banho de piscina e foram repreendidos por um professor”, conta Cabral. “Na noite do mesmo dia, uma das câmeras de segurança foi danificada. Agora isso”. A prefeitura suspeita que o incidente com o carro oficial seja uma espécie de retaliação desses jovens. Porém, ainda não se sabe quem eles são. 

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE