• 28/08/2020 17:22
Renda Brasil

Bolsonaro me deu um carrinho, ainda bem que foi fora da área, se não era pênalti, diz Guedes

  • 28/08/2020 17:22
  • Brasília
O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro: agenda de privatizações do governo não muda com a saída do secretário Salim Mattar.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Paulo Guedes brincou nesta sexta-feira (28) que levou um "carrinho fora da área" do presidente Jair Bolsonaro nesta semana por causa do Renda Brasil. "Tomei um vazamento. [Bolsonaro falou]: PG mandou um negócio aqui [o Renda Brasil], assim não tá bom, não pode tirar do pobre para dar pro mais pobre. Tomei uma dessas", disse Guedes em videoconferência promovida pelo Instituto Aço Brasil, completando que a frase do presidente foi um "instinto político". "Falei com ele [Bolsonaro]: pô, presidente, carrinho, entrada perigosa, ainda bem que foi fora da área, se não era pênalti", brincou o ministro. Ele afirmou que o Renda Brasil ainda está sendo desenvolvido pela equipe econômica, mas que tudo será feito dentro do teto de gastos, com responsabilidade fiscal e com transparência. Ainda segundo Guedes, o programa será lançado nos próximos dias.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.