• 23/09/2020 08:54
Acordo

TRT propõe cancelar parte das demissões na Embraer

  • 23/09/2020 08:54
  • PorEstadão Conteúdo
    Funcionários da Embraer entram em greve
    Sede da Embraer| Foto: Reprodução

    O conflito entre a Embraer e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos diante das demissões de centenas de funcionários teve mais um desdobramento na última terça (22). O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região propôs em audiência de conciliação o cancelamento de 502 demissões feitas pela Embraer e a adoção de lay-off (suspensão temporária do contrato) como forma de se preservar os empregos. O sindicato subiu o tom contra a empresa depois que a Embraer anunciou, no início desse mês, a demissão de mais de 900 trabalhadores, sob a alegação da pandemia e do fracasso do acordo com a Boeing. O TRT deu prazo de uma semana para a Embraer e o sindicato avaliarem o assunto e marcou uma nova audiência para o dia 29.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.