i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
29 de novembro

E-commerce prevê faturamento 18% maior na Black Friday deste ano

    • Estadão Conteúdo
    • 19/10/2019 11:20
    e-commerce
    | Foto: Pixabay

    De acordo com levantamentos realizados pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e pela consultoria Ebit/Nielsen, a expectativa para a Black Friday de 2019 no e-commerce é de faturamento acima de R$ 3 bilhões, com aumento de 18% em relação ao ano passado. Para fazer o cálculo, a Ebit considera as vendas de quinta e sexta-feira, enquanto a ABComm leva em conta o período de quinta a segunda-feira pós Black Friday. O dia de promoções no varejo neste ano será em 29 de novembro.

    Segundo a líder comercial da Ebit, Ana Szasz, o consumidor brasileiro tem migrado do universo offline, as lojas físicas, para as compras online. Por isso, a data vem se consolidando nos últimos anos no varejo brasileiro. "O consumidor passou a acreditar que há promoções reais e se prepara para elas. Quer aproveitar a promoção. Está acostumado com a data e tem passado a confiar um pouco mais nas promoções divulgadas pelos varejistas", diz. Para a consultoria, o ticket médio de compra este ano deve ficar em R$ 626.

    O presidente da ABComm, Maurício Salvador, diz que, além de os clientes terem uma percepção de que as promoções estão mais confiáveis, eles têm a ideia de que os produtos comprados na internet, geralmente, são mais baratos. "Isso colabora em tempos de crise, porque cada um quer economizar até o último centavo." A associação estima um ticket médio de R$ 340 nesta

    Levantamento feito pelo Google, sob encomenda da consultoria em marketing Provokers, com 1,5 mil pessoas de todo o Brasil, e também com dados de uma pesquisa online por meio da ferramenta Google Survey, com mil pessoas, indica que a intenção de compra está 58% maior neste ano na comparação com 2018.

    O líder de varejo para eletro e esportes do Google, José Melchert, explica que há dois fatores que explicam os números positivos para a expectativa da data. O primeiro deles diz respeito ao maior otimismo com a economia de modo geral e o segundo tem a ver com a quantidade de produtos que é oferecida na Black Friday com descontos.

    "Quando a Black Friday começou no Brasil, entre 2010 e 2012, os artigos oferecidos eram mais restritos a eletrônicos, celulares, moda e beleza. Hoje, temos até lojas de veículos aderindo às promoções, educação, setor financeiro, imóveis, alimentos, viagens", afirma.

    Primeira compra

    Os especialistas destacam que Black Friday é a ocasião em muitos consumidores fazem a primeira compra em lojas virtuais. "No universo de brasileiros que têm acesso à internet, apenas um terço já fez compras online. Temos, em média, 4 milhões de novos clientes no e-commerce por ano", diz Maurício Salvador, da ABComm.

    Segundo Melchert, no levantamento do Google, 99% das pessoas entrevistadas responderam que sabem da data Black Friday. Quando o questionamento é sobre quem já comprou na ocasião, apenas 70% responderam positivamente.

    1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 1 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    • M

      Maquiavel

      ± 0 minutos

      "O consumidor passou a acreditar que há promoções reais e se prepara para elas. Quer aproveitar a promoção. Está acostumado com a data e tem passado a confiar um pouco mais nas promoções divulgadas pelos varejistas"" Tem burro para tudo neste mundo kkkkkkk

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]