A Ecobike tem cerca de 100 funcionários, a grande maioria ciclistas que pedalam, em média, 80 quilômetros por dia | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
A Ecobike tem cerca de 100 funcionários, a grande maioria ciclistas que pedalam, em média, 80 quilômetros por dia| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O fundador da EcoBike Courier, Cristian Trentin, vendeu a marca curitibana de entrega sustentáveis para o franqueado da unidade de Curitiba, Victor Ferraz. A empresa foi fundada há cinco anos e está presente em nove cidades com o modelo de entregas de encomendas através de bicicletas. Os valores da negociação, encerrada neste mês, não foram revelados.

Acompanhe a Gazeta do Povo no LinkedIn

A Ecobike tem cerca de 100 funcionários, a grande maioria ciclistas que pedalam, em média, 80 quilômetros por dia. Os principais clientes são empresas que precisam entregar documentos para bancos, cartórios, fornecedores e consumidores. Em geral, as franquias são instaladas em regiões centrais da cidade para que o serviço tenha a vantagem de ser de 20% a 30% mais rápido do que os outros modais.

A venda, que pode ter surpreendido alguns clientes e franqueados, já era planejada por Trentin desde o começo do negócio. “O que eu gosto de fazer é empreender e agora o negócio está muito gerencial”, diz o empresário, que usa como estratégia montar negócios em nichos inexplorados para vender quando o faturamento estiver em alta.

O perfil gerencial de Victor Ferraz motivou a venda da rede para o franqueado de Curitiba. Em um ano, ele levou a unidade da capital paranaense para um faturamento próximo de R$ 700 mil e estima, para este ano, receita de R$ 1,2 milhão. Cada unidade da EcoBike fatura, em média, R$ 50 mil por mês e faz de 5 a 6 mil entregas mensais.

Ferraz também participou, em 2013, da formatação da empresa para virar franquia, quando ocupava o cargo de diretor de negócios. “Depois, fui tocar um negócio próprio e em 2015 adquiri a franquia de Curitiba”, explica.

Futuro

Para os franqueados, Ferraz afirma que nada mudará. Ele também destaca que o foco da empresa está no desenvolvimento de novas tecnologias que impulsionem o serviço de entregas. Por enquanto, não devem ser abertas novas unidades da marca.

Já Trentin parte para uma viagem de quatros meses pela América do Sul, com início pela Colômbia. O objetivo do empresário curitibano é conhecer o mercado latino-americano e investir nesses países. Em paralelo, por questões contratuais da franquia, fará parte do conselho de administração da EcoBike, apesar de ter vendido 100% da sua participação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]