Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Finanças Pessoais

3 armadilhas que não permitem que você saia da classe média e alcance a riqueza

Pessoas que criaram suas próprias fortunas chegaram lá porque não caíram nessas armadilhas

  • Infomoney
Especialista aponta três obstáculos que afastam você da riqueza. Um deles é subestimar os gastos com alimentação. Leia na Gazeta do Povo | Pixabay
Especialista aponta três obstáculos que afastam você da riqueza. Um deles é subestimar os gastos com alimentação. Leia na Gazeta do Povo Pixabay
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Cuidar das finanças pessoais é essencial para quem quer alçar voos mais altos, sair da classe média e enriquecer. Com altos custos de vida e pressões por todos os lados, as armadilhas que impedem o enriquecimento atingem a maioria das pessoas.

O primeiro passo, obviamente, é poupar. Mas como? Ao Business Insider, o especialista Ash Toumayants, da Investopedia, separou três dessas armadilhas, e deu algumas ideias de como evita-las. Confira:

LEIA MAIS sobre Finanças Pessoais

Vale a pena pagar um app que poupa dinheiro por você?

Com a reforma da previdência em discussão, passou da hora de você garantir sua própria reserva

1. Não contabilizar alimentação

Gastos com alimentação podem sair do controle caso não sejam racionalizados. Planejar esse consumo pode ser benéfico à saúde, além de otimizar os ganhos e gastos ao final do mês.

Faça orçamentos mensais, calcule os gastos com refeições em restaurante e minimize o que for desnecessário.

2. Deixar de analisar os gastos com moradia

Buscar o sonho da casa própria é padrão entre a maior parte das famílias no Brasil e no mundo. O problema é fazer isso sem o planejamento necessário.

Por um lado, dar entrada em uma casa e amarrar-se a parcelas pode ser prejudicial no médio prazo se não houver visão dos anos seguintes.

Em outra situação, guardar dinheiro por muito tempo para colocar mais na entrada pode ser uma boa ideia, desde que não sejam deixados de lado os fundos de emergência e a poupança para aposentadoria.

Carro e casa na praia geram custos, mas te fazem felizes. O que fazer?

Cresce a retomada de imóveis por inadimplência. Saiba como escapar dessa

3. Ter um estilo de vida acima do necessário

Uma das maiores armadilhas financeiras do mundo é gastar quase todos os rendimentos para manter um estilo de vida. Conseguir dinheiro não leva ninguém à riqueza quando não há controle sobre dívidas e gastos. A meta é manter as dívidas baixas enquanto ainda é possível lidar com os pagamentos sem sufoco.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE