i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tecnologia

Natura usa nuvem do Google para testar ativos cosméticos e desenvolver novos produtos

  • PorSharon Abdalla
  • 28/06/2019 17:51
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação| Foto:

E se o creme hidratante ou o shampoo que você usa diariamente fossem desenvolvidos na nuvem, aquela mesma onde você armazena documentos, fotos e músicas? O que pode soar como pouco provável já é realidade há quase um ano na Natura, multinacional brasileira de cosméticos que apostou no Google Cloud Platform para otimizar e acelerar o processo de inovação de seus produtos.

Além de armazenar os dados técnicos de testes laboratoriais realizados pela empresa, a plataforma de computação em nuvem é capaz de cruzá-los com agilidade e avaliar a efetividade dos ativos, além de permitir simulações de benefícios, como seu poder de hidratação, por exemplo.

“Com este processamento robusto, passamos de um modelo que era de tentativa, avaliação e análise para um modelo preditivo de estimativa de resultado. Antes, para que chegássemos a uma molécula nova, poderíamos testar centenas de plantas, uma a uma, extrair o ativo, colocar no creme e avaliar se deu ou não resultado. Agora, ao invés de testar todas elas, fazemos simulações no computador e reunimos um grupo de três ou quatro moléculas que têm maior probabilidade de funcionar antes de os testes irem para a bancada [do laboratório]”, ilustra Daniel Gonzaga, diretor de Inovação de Produtos da Natura.

Assim, a plataforma funciona como uma ferramenta de otimização para o pesquisador, que tem mais assertividade nas suas escolhas e utiliza melhor o seu tempo analisando ativos e fórmulas com reais chances de sucesso. Isso trouxe uma redução no tempo de processamento dos testes na ordem de 30%, segundo Gonzaga.

Tecnologia a favor da ciência

Todo o processo, do armazenamento dos dados à simulação dos benefícios dos ativos cosméticos, é feito dentro do ambiente da nuvem, ou seja, pela internet, com o auxílio de processadores que têm pelo menos quatro vezes mais capacidade do que um equipamento comum, como explica Antonio Chaddad, gerente de contas do Google Cloud para o Brasil.

“O Google entrega na nuvem estas máquinas de alta capacidade com processadores especiais, que no caso da Natura é o GPU [Graphics Processing Unit, ou Unidade de Processamento Gráfico], que entrega resultados muito mais rápidos em um processamento 100% [em ambiente digital]”, detalha o gerente.

Alta capacidade dos processadores permite otimizar em 30% o processamento dos testes com os ativos cosméticos. Foto: Divulgação
Alta capacidade dos processadores permite otimizar em 30% o processamento dos testes com os ativos cosméticos. Foto: Divulgação

Além de excluir a necessidade de aquisição de softwares e hardwares pela empresa, o uso da plataforma permite a otimização da capacidade de processamento da ferramenta, uma vez que ela utiliza a mínima necessária para a execução de uma tarefa.

“Enquanto na computação tradicional as empresas compram computadores com a maior capacidade possível prevendo o máximo que podem vir a usar algum dia, deixando uma capacidade ociosa muito grande, na nuvem o raciocínio é inverso. Você vai usar apenas o necessário, então a economia em escala é grande”, reforça Chaddad. A facilidade de compartilhamento dos dados em nuvem entre as áreas da empresa, que traz agilidade aos processos, é outro dos benefícios listados pelo gerente de contas.

A Natura não divulga quanto investiu na plataforma, que já é utilizada em cerca de 60% a 70% dos projetos da empresa, segundo Gonzaga. Nos próximos meses, inclusive, devem chegar ao mercado produtos desenvolvidos com o auxílio dela. A empresa é a primeira do setor de cosméticos a utilizar o Google Cloud Platform e também o primeiro case do país no qual a ferramenta foi aplicada de maneira produtiva no core do negócio, segundo Chaddad.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Carmo Augusto Vicentini

    ± 4 horas

    Empresa esquerdista / globalista, boicoto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Cidadão Brasileiro

      ± 2 horas

      Boicote também quem fechou um acordo globalista com a Europa ontem, para isso abrindo mão de um delírio pirotécnico de campanha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]