i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
serviço

Carregar o celular à noite faz mal? Essa e outras dúvidas sobre bateria de celular

Baterias de celular viraram um item essencial em nossas vidas, mas ainda são cercadas por dúvidas e mitos

  • PorDa Redação
  • 06/10/2017 19:06
A bateria é um dos componentes mais sensíveis de um celular | Pixabay/Reprodução
A bateria é um dos componentes mais sensíveis de um celular| Foto: Pixabay/Reprodução

Apesar de ter se tornado um item essencial em nossas vidas, as baterias de celular ainda são cercadas por dúvidas e mitos.  Muitos dos mitos vieram da época em que os celulares usavam bateria de níquel-cádmio. Outras dúvidas surgem no dia a dia de uso, como saber a melhor hora para recarregar a bateria e por que ela perde capacidade de reter energia com o passar dos meses. 

Para tentar esclarecer algumas dúvidas e mitos e dar dicas de como prolongar a vida útil da bateria, a Gazeta do Povo consultou dois especialistas no tema: Renato Arradi, diretor de produtos da Motorola, e Horácio Tertuliano Filho, diretor da Escola de Engenharia e Arquitetura da UFPR, além das documentações oficiais das fabricantes. 

Efeito memória

O efeito memória é conhecido popularmente como vício da bateria. O termo surgiu porque as baterias de níque-cádmio, quando usadas incorretamente ou expostas a condições climáticas adversas, perdiam parte da sua capacidade de carga. 

Isso deixou de acontecer a partir das baterias de íons de lítio, que são atualmente utilizadas em grande parte dos celulares vendidos no mercado. Portanto, as baterias dos celulares atuais não “viciam”.

Recarga

Para saber o momento ideal de carregar a sua bateria, basta olhar para o que diz o seu próprio celular. Os especialistas afirmam que não é necessário deixar o seu aparelho chegar em 0%, mas, se isso acontecer, também não será um problema para a vida útil da bateria.

Você pode carregar a partir do momento em que o aparelho indicar sinal fraco de bateria, o que varia de fabricante para fabricante. No caso da Samsung, alguns modelos já dão essa mensagem quando a carga atinge 15%. O iPhone dispara o alerta, por padrão, quando chega a 20% de carga restante.

E quando eu estou carregando a bateria, deixou chegar em 100% ou tiro o celular da tomada antes? Isso não é ponto de consenso entre os especialistas. O diretor da Motorola afirma que é possível tirar a bateria da recarga antes de completar o ciclo, já o professor da UFPR recomenda chegar em 100% ou o mais próximo disso (90% ou mais).

A Apple diz ao usuário para que “carregue sua bateria de íon de lítio Apple quando quiser”, exemplificando da seguinte maneira: “você pode usar 75% da capacidade da bateria em um dia, depois dar uma carga completa durante a noite. Se você usar 25% no dia seguinte, terá descarregado 100%, e os dois dias vão equivaler a um ciclo de carga”. A Apple ainda diz que as suas baterias são projetadas para “manter pelo menos 80% da capacidade original e possibilitar mais ciclos de carga”.

Carregar à noite

Hábito comum entre os brasileiros, deixar a bateria carregando durante a noite, enquanto você dorme, não é prejudicial para o equipamento. Isso porque os celulares e os carregadores atuais possuem um dispositivo que evitar que as baterias recebam sobrecarga. É uma espécie de sensor que é ativado para evitar que a bateria receba mais energia a partir do momento em que ela atinge carga máxima de 100%. 

Então, quando você deixa a bateria carregando de madruga e o equipamento atinge 100%, a bateria deixará de receber mais energia e não haverá nenhum dano ao equipamento. Pode dormir tranquilo. 

Carregador

Quer que a vida útil da sua bateria dure o tempo para qual ela foi especificada (normalmente, mais de dois anos)? Use o carregador oficial para o seu aparelho. Usar um carregador de segunda linha ou um que, mesmo oficial, não foi feito para o modelo do seu aparelho, pode danificar a bateria e, em casos extremos, causar a explosão do equipamento.

Aquecimento

Um dos maiores problemas para as baterias é o superaquecimento. Isso não é mito. Por isso, evite deixar o aparelho exposto ao sol ou até mesmo em condições de superaquecimento, como entre as pernas enquanto dirige. Umidade em execesso também afeta a bateria e diminui a sua capacidade de carga e vida útil. A Apple recomenda que, durante a recarga, capas de proteção do celular sejam removidas para não potencializar o superaquecimento.

Remover a bateria

A prática de tirar a bateria se tornou comum porque os celulares travavam e as pessoas removiam a bateria para fazer o aparelho voltar a funcionar. Mas os especialistas afirmam que não é recomendável tirar a bateria, porque pode danificar o aparelho celular ou a própria bateria. A única exceção é para caso precise trocá-la por uma nova, mas, nesse caso, a recomendação é levar em uma autorizada. Não à toa, os fabricantes começaram a fazer baterias não removíveis.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.