Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

inovação

Hyperloop, tecnologia de transporte criada por Elon Musk, pode chegar ao Brasil em 2018

Negociações para instalar centro da Hyperloop no país já começaram e o projeto pode virar realidade em 2018

  • Da Redação
Hyperloop Transportation Technologies quer instalar Centro de Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil | HTT/Divulgação
Hyperloop Transportation Technologies quer instalar Centro de Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil HTT/Divulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Hyperloop Transportation Technologies (HTT), empresa que trabalha no desenvolvimento de cápsulas de transporte que viajam “à velocidade do som”, um conceito criado por Elon Musk, fundador da Tesla e SpaceX, quer instalar um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil.

Elon Musk: o bilionário que promete salvar o futuro da humanidade

O objetivo seria construir no país um sistema de transporte de cargas em altíssima velocidade. As negociações com governos locais já começaram e o novo centro pode virar realidade em 2018.

As informações foram divulgadas por Bibop Gresta, cofundador e presidente do conselho da HTT, em reportagem publicada pelo jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (28). Ele esteve no país na última semana e se reuniu com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, e com empresas do setor de transporte.

As negociações para instalar o Centro de P&D no Brasil já começaram. Segundo a reportagem do Valor Econômico, o governo de Minas Gerais e outros dois não identificados pela publicação já demonstraram interesse em ter o empreendimento em seu estado.

A expectativa da HTT é concluir as negociações o mais breve possível para ter a sua unidade no Brasil operando já no primeiro semestre de 2018. O investimento para construir o empreendimento seria de US$ 5 milhões, valor custeado pela própria HTT e algum parceiro local que queria participar do desenvolvimento do projeto.

Gresta disse em entrevista ao Valor Econômico que a tecnologia para transporte de altíssima velocidade — chamada de Hyperloop — já está pronta. Falta, segundo o executivo, apenas o aval para começar a fabricação e colocar o novo sistema de transporte para operar em até 36 meses.

A Hyperloop é uma cápsula que lembra um trem moderno. Ela é colocada dentro de tubos de baixa pressão e, por causa do ar pressurizado e de um sistema de propulsão, consegue atingir níveis de velocidade de 1,2 mil km/h em poucos segundos. 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/08/28/Economia/Imagens/Cortadas/57a321bd07000-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
Desempenho da Hyperloop na comparação com outros modais. Cápsula pode atingir 1,223 mil quilômetros por hora (760 MPH).Divulgação/HTT

No Brasil, se a ideia de Musk vingar e o projeto do centro se tornar realidade pela HTT, ela seria dedicada ao transporte de cargas. Em outros locais e por outras empresas, como a Hyperloop One e a TransPod, a tecnologia está sendo testada para o transporte de pessoas.

Veja, abaixo, um vídeo em inglês que explica um pouco mais sobre a tecnologia:

Atualizada às 10h20 do dia 29: originalmente, a matéria informava que a Hyperloop Transportation Technologies (HTT) era uma empresa de Elon Musk, o que não é o caso. Musk desenvolveu a tecnologia e a publicou livre de royalties para que empresas como a HTT possam desenvolvê-la de maneira independente.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE