i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Artigo

Prêmio Nobel 2020: jogamos como nunca, perdemos como sempre

  • Por* Hamilton Varela
  • 27/10/2020 18:30
Prêmio Nobel nunca foi conquistado pelo Brasil
Prêmio Nobel nunca foi conquistado pelo Brasil| Foto: Bigstock

Entre 2000 e 2003, vivi de perto o clima de expectativa com a divulgação dos vencedores do prêmio Nobel. Eu fazia doutorado no Departamento de Físico-química do Instituto Fritz Haber, da Sociedade Max Planck, em Berlim, e circulava que o diretor, Gerhard Ertl, era um forte candidato ao Prêmio Nobel de Química. O assunto não era discutido abertamente, mas só se falava nisso, principalmente entre nós, aspirantes a cientistas.

No Brasil, o anúncio dos laureados com a honraria máxima nas áreas de física, química, economia, fisiologia ou medicina, literatura e paz também gera uma certa agitação. Como em todas as outras ocasiões, entre os vencedores de 2020, não tivemos um brasileiro e seguimos fora do clube dos laureados. Na América Latina, já foram distribuídos 17 prêmios Nobel, a Argentina se destaca como pentacampeã com dois prêmios em fisiologia/medicina, um em química e dois laureados com o Prêmio Nobel da Paz. Os Estados Unidos são de longe os campeões mundiais e contam com 386 prêmios Nobel. Quase o triplo do segundo colocado, o Reino Unido.

Em 2020, não ganhamos - como sempre. Mas, estamos efetivamente jogando como nunca? A resposta é sim. Ainda que muito lentamente, a ciência brasileira tem melhorado, quanti e qualitativamente. São vários os argumentos para comprovar a evolução. A expansão do sistema de pós-graduação e o aumento substancial no número de artigos científicos publicados em periódicos internacionais refletem o amadurecimento da academia brasileira nos últimos anos. Algumas universidades brasileiras têm se destacado em classificações internacionais e a Universidade de São Paulo aparece como a melhor da América Latina em diferentes rankings. Particularmente no ranking NTU (National Taiwan University) que mede a relevância da pesquisa científica (produtividade, impacto e excelência da pesquisa, contribuem com 25, 35 e 40% do desempenho geral), a USP vem galgando posições e subiu da 99ª colocação em 2008 para a 52ª na edição recém publicada de 2020. Ainda segundo esse ranking, a USP é a terceira melhor universidade do mundo na área de Ciências Agrícolas e a sexta em Botânica e Zoologia. Resultados similares foram divulgados no Best Global Universities 2021, da editora norte-americana US News. A excelência brasileira vai certamente além dos aspectos institucionais, Otto Gottlieb (química),  Carlos Chagas (fisiologia/medicina), César Lattes (física), Maurício Rocha e Silva (fisiologia/medicina) e Sérgio H. Ferreira (fisiologia/medicina) são frequentemente citados como nomes que já entraram na disputa pelo Nobel no passado.

Como já dito, uma diferença importante quando comparada à evolução observada em outros países com tradição científica em consolidação, é justamente a lentidão nos avanços observados no Brasil. Há certamente muito a melhorar por aqui e algumas possíveis soluções são conhecidas e factíveis. Jogam contra a melhoria contínua o populismo, a falta de planejamento de longo prazo, a descontinuidade do financiamento, o desconhecimento da importância da pesquisa científica pela população em geral, etc.

Exemplos no plano federal são a diminuição contínua e a pulverização dos recursos, e a utilização política de agências financiadoras e de cargos-chave no setor. Até o sistema paulista, o mais bem estruturado do país, vem sendo atacado com virulência inédita pelo governo estadual. Mais do que qualquer parâmetro cientométrico é a insegurança constante causada pelas políticas erráticas em diferentes âmbitos que nos distancia da elite científica mundial. Caminhando em areia movediça, a energia gasta em defender as conquistas do passado seria melhor aproveitada se utilizada para planejar o futuro.

O clima de expectativa do início dos anos 2000 tinha fundamento: Ertl foi agraciado com o Nobel de Química em 2007, por seus estudos sobre processos químicos em superfícies sólidas. Quanto à espera de um Nobel brasileiro, seguimos trabalhando e sonhando, muitas vezes apesar do principal parceiro nessa empreitada, o governo.

* Hamilton Varela é Professor Titular do Instituto de Química de São Carlos da USP.

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 2 dias

    A grande realidade é que os anos de socialismo criaram uma militância política dentro das universidades, desfavorecendo pesquisas sérias e criando núcleos de "pesquisa social" que nada acrescentaram ao país. E o mais interessante é que o atual governo federal tentou iniciar uma mudança desta realidade, foi barrado parcialmente pelo congresso e STF nas reformas necessárias e agora tem que acuse o atual governo de sermos "atrazados" (coloquei "z" de propósito). Enquanto o sistema universitário não voltar seu foco principal as ciências, ficaremos aquém dos demais países.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Luisa

      ± 2 dias

      Jogamos como nunca, mas com regras equivocadas, burocratizadas, um mesmo conjunto de índices para "medir' e classificar todas as áreas, de física a educação fisica, areas profissionalizantes e ciência básica, formação de estudantes e pesquisa de ponta. Uma grande planificação de tudo, no melhor estilo soviético. Por que será que não está funcionando?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        sansão

        ± 2 dias

        Com um presidente que desdenha das ciencias, das artes do meio ambiente, estamos liquidados no cenario mundial.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          J. MOACIR

          ± 2 dias

          Com o aparelhamento esquerdista de nossas Universidades , poderiamos concorrer - e ganhar fácil - o Premio Ignobel , um Humanas por supuesto...

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • T

            TF

            ± 2 dias

            Boa retrospectiva. Com raras exceções, tenho visto muitos pesquisadores reproduzindo palavras chave, assuntos da moda, dando voltas em torno do que os jornais científicos tem aceitado no momento. Porque a cultura da publicação tem sido mais perseguida do que necessariamente a importância da pesquisa e é por isso que nunca chegará perto da sociedade. Dinheiro público, está sempre aí. Menos ou mais. Mas nunca termos recebido não é culpa dessa ou daquela gestao. A sociedade não sabe o que fazemos na universidade. E muito dinheiro é gasto em pesquisa, sem sabermos se um dia nos servirá de algo. Aliás nem mesmo os alunos sabem. Cadê os licenciados doutores nas escolas públicas?

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • C

              Celito Medeiros

              ± 2 dias

              Peter Brian Medawar, Nobel de Medicina em 1960, nasceu em Petrópolis (RJ), mudando-se para a Inglaterra, origem de seus pais. Ganhamos, mas quem levou foi a Inglaterra. Ser indicado é até muito fácil, mas sem força política e grande apoio fica muito difícil. Já tivemos muitos Brasileiros indicados. Fui convidado para Audiência com o Papa e lá no Vaticano posei para uma fotografia ao lado de 4 mulheres Africanas, lindas em seus vestidos típicos. Naquele ano, uma foi eleita Prêmio Nobel, logo em seguida duas ao mesmo tempo e finalmente a última também. Por eu ser Embaixador Universal da Paz (Embaixada de Genebra) disseram que meu apoio foi fundamental, nem tanto...

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • F

                Fritz Huguenin

                ± 3 dias

                Excelente, Prof. Hamilton Varela!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                Fim dos comentários.