i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Memória

As 12 contratações mais bizarras do futebol paranaense. Relembre e vote na pior

  • PorGazeta do Povo
  • 14/04/2020 20:29
Hadson no BBB 2020.
Hadson no BBB 2020.| Foto: Reprodução, TV Globo

Na história do futebol paranaense, Athletico, Coritiba e Paraná fizeram algumas contratações no mínimo "duvidosas". Relembre alguma delas e vote na enquete no final do texto de qual foi a pior.

No Paraná temos Hadson do BBB, Silas Jegue Atômico, Kerlon e Taianan. Já a lista do Coritiba engloba Jorge Seré, Baumjohann, Dion e Thiago Coimbra. No Athletico podemos destacar Brasão, Kamali, Jean Chera e Romeo Fernandes.

Foto: Instagram e Arquivo Gazeta do Povo
Foto: Instagram e Arquivo Gazeta do Povo

Hadson (Paraná)

Mais conhecido nacionalmente neste ano pela participação no Big Brother Brasil, o ex-volante passou pelo Paraná em 2003. O jogador não entrou em campo, mas depois ganhou um processo trabalhista do clube no valor de R$ 1,5 milhão, coincidentemente o mesmo valor do prêmio do reality show, onde foi um dos primeiros a ser eliminado.

Foto: Arquivo Grpcom
Foto: Arquivo Grpcom

Jorge Seré (Coritiba)

Chegou ao Coritiba aos 33 anos, em 1995, com status de grande contratação, com histórico de grande carreira no Nacional de Montevideú e da seleção uruguaia. Em 1988, na final do Mundial de Clubes, contra o holandês PSV Eindhoven, de Romário, ele defendeu quatro penalidades. O Nacional venceu a decisão por pênaltis por 7 a 6 e sagrou-se campeão. Porém, disputou apenas duas partidas no Coxa, com direito a um frango vergonhoso na segunda delas, contra o Paraná.

Silas, o “Jegue Atômico” (Paraná)

Revelado pelo Tiradentes, do Ceará, o atacante velocíssimo veio do Botafogo em 1996. Porém, teve uma passagem curta e cheia de polêmicas, com histórias de supostas traições e agressões.

Brasão (Athletico)

Você sabia que ele jogou no Furacão? Pois é, talvez nem ele. Foram quatro meses em 2009 sem um minutinho sequer em campo. O jogador chegou do Atlético-GO e foi anunciado oficialmente junto com o zagueiro Everton.

Foto: Albari Rosa, Arquivo Gazeta do Povo
Foto: Albari Rosa, Arquivo Gazeta do Povo

Baumjohann (Coritiba)

O alemão que falava português chegou no Coritiba em 2017 com a experiência de ter jogado em grandes times do seu país. Jogou pouco graças às lesões e a resistência do técnico Marcelo Oliveira em escala-lo. No final, ficou em campo apenas 76 minutos e ainda cobrou mais de R$ 300 mil do clube na Justiça.

Foto: Arquivo, Grpcom
Foto: Arquivo, Grpcom

Kerlon (Paraná)

Chegou em 2011, ano do vexame do rebaixamento no Paranaense. O Foquinha, como era conhecido por causa do drible equilibrando a bola com a cabeça, veio emprestado da Inter de Milão. No dia da contratação, o assunto esteve entre os 10 mais comentados no Twitter do Brasil. No Tricolor, passou cinco meses lutando contra lesões e a balança, colecionando quatro jogos e nenhum gol.

Foto: Reprodução, Facebook
Foto: Reprodução, Facebook

Dion (Coritiba)

Difícil encontrar uma história recente tão bizarra quanto essa. O meia apareceu de repente no boletim informativo diário da CBF em 2016 como contratação do Coxa e chamou atenção por estar fora de forma. Segundo o clube, o jogador faria recuperação física no CT, em uma "parceria técnica com o futebol chinês". Quatro meses depois o contrato foi rompido, mas no ano seguinte ele processou o clube.

Foto: Arquivo Grpcom
Foto: Arquivo Grpcom

Kamali (Athletico)

Anunciado em 2008 no Athletico como o primeiro jogador árabe a jogar no futebol brasileiro. No final, a contratação se mostrou ser uma jogada de marketing que não deu certo. Pouco jogou e fez um gol com a camisa rubro-negra, se tornando no final um “estagiário da bola”.

Foto: Walter Alves, Arquivo Gazeta do Povo
Foto: Walter Alves, Arquivo Gazeta do Povo

Taianan (Paraná)

O jogador gaúcho chegou em 2011 no Paraná com a experiência em ter atuado no futebol europeu e acabou ficando como um símbolo daquela equipe rebaixada em pleno Estadual, apesar de ter jogado apenas duas partidas. Ano passado estava na segunda divisão da Grécia.

Foto: Reprodução, Facebook
Foto: Reprodução, Facebook

Jean Chera (Athletico)

Famoso desde os nove anos de idade, quando um vídeo seu ganhou destaque mundialmente, o atacante chegou no Furacão em 2013, com 17 anos. Com passagens anteriores pela base de Santos, Flamengo e Gênoa, saiu do Athletico quatro meses depois sem ter entrado em campo.

Thiago Coimbra (Coritiba)

Filho do craque Zico, o meia chegou no Coxa em 2005 com um contrato de dois anos. Ficou apenas quatro meses. Revelado pelo CFZ, do Rio, jogou ainda no Paulista, Madureira, Tubarão, Imbituba e Flamengo. Encerrou a carreira, em 2011, no América-RJ.

Foto: Henry Milleo, Arquivo Gazeta do Povo
Foto: Henry Milleo, Arquivo Gazeta do Povo

Romeo Fernandes (Athletico)

O atacante indiano chegou em 2015 com uma proposta de projeto a longo prazo, com o respaldo do ex-meia Zico. Três meses depois deixou o clube com apenas um jogo com a camisa rubro-negra e 21 minutos em campo.

Leia Também:

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • I

    IvoHM

    ± 1 horas

    Faltou o zagueiraço Esmerode, uruguaio contratado pelo Coritiba por já ter participado de uma Libertadores, e que na única vez que entrou em campo, entregou dois gols ao adversário...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • G

      Gustavo_Ctba

      ± 14 horas

      Excelente lista, mas faltou o Adriano

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        Sr. Walker

        ± 24 horas

        Essas as bizarras. Poderiam fazer a de piores jogadores. Tenho um que será um "Hors concours" definito: Tanielton, um lateral esquerdo que o Athelico contratou vindo acho que de Criciúma SC. Era muito, mas muito ruim mesmo. Daqueles que ficam olhando a bola quicar na sua frente e acompanhando com movimentos da cabeça. Bola alta chegando perto, ao ir para o domínio ou 'matar' a bola errava feio, passando por baixo dela após o quique. Era triste de ver.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • R

          Ross

          ± 1 dias

          Cadê o Adriano imperador???

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          Fim dos comentários.