Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Líderes de 12 países e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, assistirão na próxima quinta-feira (12) à partida de abertura da Copa do Mundo, entre Brasil e Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo, informaram fontes oficiais nesta segunda-feira (9).

Segundo porta-vozes do Itamaraty, já confirmaram presença os presidentes de Bolívia, Evo Morales; Chile, Michelle Bachelet; Equador, Rafael Correa; Paraguai, Horacio Cartes; Uruguai, José Mujica, e Suriname, Desi Bouterse.

Além disso, estarão presentes os presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos; Gabão, Ali Bongo; Gana, John Dramani Mahama; e o emir do Catar, At-Tamim bin Hamad Al-Thani, que acompanharão no camarote de autoridades a presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro da Croácia, Zoran Milanovic.

Antes da partida, Dilma, como presidente do país anfitrião, oferecerá um almoço a todos os líderes estrangeiros também na quinta-feira (12) em São Paulo.

Durante o período da Copa, outros líderes nacionais viajarão ao Brasil para assistir a alguma das partidas de suas seleções. Entre eles estão a chanceler da Alemanha, Ángela Merkel, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que além disso terão reuniões bilaterais com Dilma.

Além disso, a presidente convidou os chefes de Estado e de Governo da Rússia, Índia, China e África do Sul, que formam o grupo Brics, a assistir a final do Mundial, no dia 13 de julho, no Maracanã. Dois dias depois, os líderes do Brics participarão da sexta cúpula do grupo, que será realizada em Fortaleza.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]