Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

série b

Após novo revés fora, Baptista cobra personalidade do Coxa. “Falta confiança”

  • Moreno Valério
Eduardo Baptista elevou o tom das cobranças no Coritiba após a derrota para o Avaí | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Eduardo Baptista elevou o tom das cobranças no Coritiba após a derrota para o Avaí Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Após a derrota por 2 a 0 para o Avaí, o técnico Eduardo Baptista elevou o tom das cobranças no Coritiba. O comandante admitiu que vem faltando confiança para o Coxa e cobrou mais personalidade da equipe nos jogos fora de casa: “O culpado pela derrota somos todos nós”.

“Falta confiança. Temos que encarar, assumir isso. Não podemos passar a mão na cabeça. Estamos em um time grande, tem que ter posse, marcar em cima. Não tem desculpa. Chega de palavras, tem que ter coragem”, declarou Baptista em entrevistas às rádios Banda B e Transamérica.

>> TABELA: confira todos os resultados da Série B

O principal ponto levantado pelo comandante é que a equipe tem que se portar fora de casa como se porta quando joga em Curitiba. A campanha do Coxa na Série B é bipolar: se por um lado a equipe está 100% no Couto Pereira, por outro, não venceu nenhuma fora de casa, amargando o posto de pior visitante da Segundona.

“Quem está no clube tem que ter este lado emocional, tem que quebrar essa barreira de vencer fora. Temos que dar essa resposta”, cobrou Baptista.

Na saída de campo, alguns jogadores alviverde reconheceram o excesso de erros na partida . O lateral Leandro Silva foi um dos mais críticos na saída de campo. “Estamos sempre falando que temos que brigar e conquistar pontos fora de casa. Mas, chega nas quatro linhas e não fazemos que foi pedido. Time que quer subir, tem que vencer fora”, desabafou na saída do gramado.

O volante Vinicius Kiss, que errou na saída de bola que originou o primeiro gol do Avaí, também falou sobre a postura dos jogadores. “A gente falhou também. Eu particularmente no setor de meio de campo. Todo o setor acabou errando bastante passe. O que deu muitas oportunidades para eles”, explicou ao deixar o campo.

A torcida presente na Ressacada cobrou muito os jogadores depois do apito final, poupando apenas o goleiro Wilson, que mais uma vez foi muito requisitado nos jogos fora de casa.

Agora, o Coxa tem mais uma oportunidade de superar a “sina” de não vencer fora de casa na Série B. A equipe visita o Juventude, segunda-feira (11), às 18 horas, no Alfredo Jaconi.

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE