Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

série b

Baptista exige ‘perfil de time grande’ na busca do Coritiba por reforços

  • Moreno Valério
Treinador Eduardo Baptista confirmou que o Coritiba segue em busca de reforços em 2018 | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Treinador Eduardo Baptista confirmou que o Coritiba segue em busca de reforços em 2018 Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Após mais um revés fora de casa, desta vez para o Avaí, na última sexta-feira (8), o técnico Eduardo Baptista confirmou que o Coritiba segue em busca de reforços para a continuidade da Série B e pode aproveitar a parada (da Série A) para a Copa do Mundo para realizar alguma contratação.

“Um time como o Coritiba sempre necessita de reforços. Estamos atentos ao mercado. Não podemos trazer qualquer atleta, tem que ser um atleta para jogar num time grande como o Coritiba. Estamos procurando e, assim que a gente achar o perfil que a gente busca, nós falamos”, declarou o técnico, em entrevista às rádios Banda B e Transamérica, ainda em Florianópolis.

>> SÉRIE B: confira todos os jogos da competição

>> LEIA MAIS: Baptista cobra personalidade do Coritiba: “Falta confiança”

Um dos nomes ventilados no Couto Pereira nos últimos dias foi o do zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez, 29 anos, que está no Sport. No entanto, o Coxa teria a concorrência de outras equipes pelo jogador.

Baptista comanda o time desde a terceira rodada (vitória sobre o Criciúma por 2 a 1), somando oito jogos à beira de campo alviverde. Período mais que suficiente para poder analisar a equipe e verificar os principais pontos em que são necessários reforços.

O Coxa pode aproveitar o próximo mês, na parada da Copa do Mundo, para se movimentar. O mercado deve aquecer, pois os clubes da primeira divisão terão um período de um mês sem jogos para reavaliar seus elencos e fazer contratações.

O Coritiba não para durante a disputa do mundial, mas como não há restrições para que atletas sejam negociados entre as duas divisões, é uma oportunidade para se reforçar para o restante da competição.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE