Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Da tela do laptop para o gol do Chelsea

Inglaterra

Da tela do laptop para o gol do Chelsea

Vídeo no Youtube e perfil no Orkut abriram as portas para o goleiro paranaense Ricardo Prasel, de 18 anos e 2,02 m, conseguir um teste no poderoso clube inglês

  • Maria Gizele da Silva, da sucursal
Imagens de Ricardo jogando no gol são comuns no perfil do goleiro no Orkut: site ajudou na ida para o Juventus |
Imagens de Ricardo jogando no gol são comuns no perfil do goleiro no Orkut: site ajudou na ida para o Juventus
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Ponta Grossa - Um vídeo no Youtube e um contato no Orkut abriram o caminho para um paranaense de 18 anos e 2,02 metros tornar-se o primeiro goleiro brasileiro a defender o Chelsea. Ricardo Prasel, natural de Guarapuava, iniciou na semana passada um período de testes no clube inglês. Se for aprovado, no fim de abril, assinará contrato com o time que conta com o pentacampeão Beletti, o selecionável Alex e estrelas internacionais como Deco, Drogba, Lampard, Cech e Terry.

“Eu sempre tive muito empenho e objetivo traçado do que eu queria. Hoje eu vejo que é possível e que está mais próximo do que nunca”, disse, por telefone, à Gazeta do Povo.

A vida do guarapuavano mudou em poucos meses. No ano passado, quando defendia o Joinville, Ricardo foi descoberto no Orkut (site de relacionamentos) por Nílton Policano, preparador de goleiros do Juventus-SP. Ele se impressionou com o currículo do camisa 1 e fez um convite para que disputasse a Copa São Paulo pelo time da Mooca.

Foi participando da tradicional competição de base que ele recebeu o convite para testes no Standard Liege, na Bélgica. Um empresário do futebol europeu conheceu seu estilo através de um vídeo mostrado no Youtube e comprovou o que viu assistindo a um jogo dele no Brasil. Ricardo não hesitou e foi para a Europa. mas acabou reprovado nos testes do time belga.

“Eles queriam um goleiro completíssimo, pronto para jogar, e eu não sei jogar bem com os pés”, afirmou. “Aí apareceu o Chelsea interessado”, completou.

Examinado por dois treinadores de goleiro do clube, ele foi aprovado. A notícia de que ficaria mais dois meses no Chelsea foi dada no último dia 20.

“Já me sinto em casa aqui no Chelsea”, brinca o goleiro, já apresentado aos brasileiros Belletti e Alex e impressionado com a estrutura oferecida pelos Blues. “Aqui tem 35 campos de treinamento”, exemplifica Ricardo.

A família Prasel acompanha a distância o desenvolvimento do goleiro no clube. A mãe, Marilene Conte Prasel, não esconde o orgulho que sente do filho e reza pelo seu futuro.

“Há uma preocupação muito grande pelo fato de ele estar tão longe, mas nos falamos pelo MSN e peço a Deus por ele todos os dias”, conta, lembrando-se que desde a infância Ricardo já ensaiava umas defesas no quintal da casa. Fã do goleiro Marcos, do Palmeiras, Ricardo homenageava o ídolo na brincadeira. “Cada gol que defendia ele dizia que era para São Marcos”, comenta.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE